São Paulo tem a madrugada mais fria do ano nesta segunda

Sensação térmica fica perto dos 0 grau e máxima não deve passar dos 15 graus

30 de julho de 2007 | 06h23

São Paulo teve a madrugada mais fria do ano nesta segunda-feira, 30. Em alguns pontos da capital paulista, a sensação térmica ficou perto de 0 graus por conta do vento, de acordo com o meteorologista Marcelo Pinheiro, da Climatempo. Termômetros espalhados na cidade registraram temperaturas entre 3 e 6 graus; a máxima não deve passar dos 15 graus na capital.  Frio continua hoje e amanhã, mas sem garoa A menor temperatura na cidade em 2007 foi de 6,6 graus, registrada no dia 5 de junho, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O frio deve continuar pelo menos até terça-feira, 31, quando a máxima prevista não deve passar dos 19 graus e a mínima chega aos 5 graus. Pinheiro explica que o frio foi provocado por uma forte massa de ar de polar, vinda do Sul, que chegou à cidade no sábado. Segundo o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), às 5 horas eram registrados 6 graus na Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica (REDEMET) em Congonhas, na zona sul da capital paulista. Na Serra da Mantiqueira, onde está localizada a cidade de Campos do Jordão, a previsão para esta segunda-feira é de geada ao amanhecer e temperatura máxima de 13 graus. No litoral, tempo nublado e variação entre 5 e 16 graus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.