São Paulo registra temperatura mais alta do inverno, com 31,8 ºC

Máxima anterior para a estação neste ano tinha ocorrido na sexta, 30,9 ºC; domingo deve ser ainda mais quente

Felipe Tau, O Estado de S. Paulo

08 de setembro de 2012 | 16h32

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou 31,8 ºC na tarde deste sábado,8, a temperatura mais alta de todo o inverno neste ano, segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) feita no Mirante de Santana, na zona norte da capital. A máxima anterior da estação havia sido verificada na sexta-feira, com 30,9 ºC, e a maior temperatura do ano ocorreu no dia 1º de março, 34,3 ºC.

De acordo com o Inmet, a madrugada deste sábado também foi a mais quente do inverno, com 17,9 ºC, contra 17 ºC medidos no dia 7 de julho, a máxima anterior. A umidade baixa (25%) levou a Defesa Civil a decretar estado de atenção a partir as 13h10 na cidade.

Se as previsões se confirmarem, os termômetros continuam subindo neste domingo, com mínima de 18 ºC durante a noite e máxima de 32 ºC ao longo da tarde. O dia deve continuar quente e seco, mas a quantidade de nuvens aumenta e podem ocorrer chuviscos à noite na zona sul.

No Estado com um todo, a aproximação de uma frente fria pelo oceano atlântico promove mudança de circulação nos ventos no leste e sul paulistas. A nebulosidade volta a aumentar de forma significativa ao longo dia no Vale do Ribeira e litoral sul, onde são esperados chuviscos desde a tarde.

No restante do litoral, capital e Vale do Paraíba, o aumento de nebulosidade deve ocorrer principalmente à noite, com possibilidade de chuviscos isolados. Nas demais regiões de São Paulo a previsão é de sol, com umidade relativa do ar ainda baixa na maior parte do estado.

No litoral e no Vale do Ribeira a mínima e máxima devem ser de 16 ºC e 30 ºC, respectivamente.

Mais conteúdo sobre:
quenteinvernosão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.