São Paulo registra recorde de trânsito nesta manhã

Às 8h30, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 143 km de engarrafamento, quando a média para o período é de cerca de 90 km

Priscila Trindade, Central de Notícias

14 Março 2011 | 08h32

SÃO PAULO - O excesso de veículos fez a cidade de São Paulo bater o recorde de trânsito do período da manhã, as 8h30 desta segunda-feira, 14, conforme informou a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

 

No horário, a capital tinha 143 quilômetros de congestionamento, equivalente a 16,5% dos 868 quilômetros de vias monitoradas. O índice de engarrafamento ultrapassou o recorde anterior registrado as 9h30, no dia 3 de março, quando a cidade teve 128 quilômetros de engarrafamento.

 

Segundo a CET, o principal motivo do trânsito lento é o excesso de veículos, mas alguns acidentes atrapalhavam o trânsito nesta manhã. Na Avenida Doutor Arnaldo, por exemplo, um acidente entre carro e moto causava o bloqueio da faixa da direita da via, no sentido Consolação. Na Avenida Jacu Pêssego, a faixa da direita estava interditava por causa de uma colisão entre dois caminhões, sentido Mauá. Uma pessoa ficou ferida em cada um dos acidentes.

 

Hoje, a Marginal do Pinheiros tinha 9,3 km de trânsito lento, na pista expressa, sentido Interlagos, da Rodovia Castelo Branco até a Ponte Cidade Jardim. Na Marginal do Tietê, o motorista encontrava 6,9 quilômetros de tráfego complicado, na pista expressa, da Ponte Freguesia do Ó até a Castelo Branco.

 

Notícia atualizada às 9h45.

Mais conteúdo sobre:
trânsitocongestionamentoSPCET

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.