São Paulo registra 72 km de congestionamento

Segundo a CET, as filas de engarrafamento nas zonas oeste e sul respondem por mais da metade desse índice

05 de março de 2008 | 16h53

O excesso de veículos provocava 72 km de congestionamento nas vias da capital paulista às 16h04 desta quarta-feira, 5, o que corresponde a 8,7% dos 820 km monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). As filas de engarrafamento nas zonas oeste e sul respondiam por mais da metade desse índice.  Veja também: Acompanhe a situação do trânsito em SP agora A Marginal do Tietê, no sentido da Rodovia Ayrton Senna, apresentava os piores pontos de lentidão da cidade. A pista expressa registrava pontos de parada da Rua Azurita até a Ponte da Freguesia do Ó, o que equivale a 7,6 km, e da Ponte dos Bandeirantes até a Rodovia Castelo Branco - 4 km. Na local, havia 5,4 km de lentidão, da Ponte do Piqueri até a Castelo, e mais 2,5 km, entre as Pontes da Casa Verde e Julio de Mesquita Neto. Na pista local, além do grande volume de veículos, um caminhão quebrado ocupava a faixa central nas imediações da Ponte dos Remédios.  A circulação também era ruim na Rua Teodoro Sampaio, onde havia 2,3 km de morosidade. Nas Avenidas Professor Luiz Ignácio Anhaia Mello, no sentido Centro, e Paulista, no sentido Consolação, os congestionamentos chegavam a 2,2 km. Este mesmo índice era verificado no Corredor Norte-Sul (formado pelas Avenida 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães), no sentido do Aeroporto de Congonhas, a partir da Praça da Bandeira.

Tudo o que sabemos sobre:
trânsitocongestionamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.