São Paulo Reclama

Serviço ''exemplar''

, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2011 | 00h00

Sou cliente Ouro da GOL Linhas Aéreas e estou tentando emitir um bilhete internacional com as minhas milhas, mas o sistema da GOL diz que o meu número Smiles não confere. Após inúmeras tentativas, a secretária eletrônica aceita o número, porém a ligação é transferida e cai. Já mandei e-mail pelo Fale Conosco e como sempre não recebi resposta. O SAC tem um tempo limite para atender e, quando o atinge, o sistema derruba a ligação. Ou seja, não atenderam dentro prazo, pois a linha caiu e, dessa forma, estão dentro da lei.

HÉLIO CARMO FACCIN / SÃO PAULO

A GOL destaca que o cliente efetuou uma reserva no dia 16/8 e, no mesmo dia, cancelou a compra solicitando o reembolso das milhas, o que foi feito. A companhia esclarece que obedece à lei que regulamenta o Serviço de Atendimento ao Consumidor. Além disso, as informações sobre os canais disponíveis para o resgate de prêmio Smiles podem ser obtidas pelo site do programa ou pela Central de Relacionamento Smiles. A GOL orientou que, de acordo com o regulamento, emissões, disponibilidades e esclarecimentos com as parceiras aéreas deverão ser solicitadas pela Central de Relacionamento Smiles.

O leitor explica: Os problemas de atendimento aos clientes "Ouro" são graves. Para emissão de passagens internacionais, não é possível fazê-lo pelo site, só pelo telefone. Como o valor da passagem sairia bem mais alto pela GOL, comprei pela United. Eu tenho 75 mil milhas na GOL e não consigo usá-las, pois ou os trechos de voos nacionais estão indisponíveis ou pedem uma quantidade absurda de milhas. Sinto-me lesado o tempo todo.

CONSTRANGIMENTO

Desrespeito ao cliente

Sou deficiente físico, tenho problemas de dicção e coordenação motora. Em 26/7, por volta das 21 horas, quando fui fazer o check-in no Aeroporto de Fortaleza, um funcionário da Azul disse que eu não poderia embarcar, pois estava alcoolizado e cheirando a cigarro. Mas isso não era verdade! Fui ao balcão da Infraero e a atendente ficou indignada. Sempre viajo e isso nunca me ocorreu.

RODRIGO FELIX AGUIAR / SÃO PAULO

A Azul não respondeu.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) explica que o leitor pode buscar ajuda no Poder Judiciário para requerer eventuais indenizações por danos morais e/ou materiais. Se a empresa não cumprir suas obrigações em relação ao transporte aéreo, ele deve registrar uma queixa na Anac. Salienta que a abertura de uma reclamação não o impede de buscar seus direitos nos órgãos de defesa do consumidor e na Justiça.

O leitor diz: A Azul entrou em contato, pediu desculpas e disse estar treinando os seus tripulantes. Mas não esquecerei desse episódio traumático.

LINHA 4 - AMARELA

Liberação das estações

Por que desde o final do ano passado as obras das Estações Fradique Coutinho e da Oscar Freire estão paralisadas? Acreditava que com uns 6 meses de trabalho elas estariam prontas. Mas ouvi relatos de que o governo estadual quer inaugurá-las só em 2014, ano de eleição.

BRUCE GLAZIER / SÃO PAULO

O Metrô informa que as Estações Oscar Freire, Fradique Coutinho, Mackenzie-Higienópolis e São Paulo-Morumbi estão previstas para a 2ª fase de instalação da Linha 4-Amarela. Para a 1ª fase, houve a contratação de parte da obra bruta dessas estações, já concluída, que está sendo usada para viabilizar a passagem dos trens que estão em operação comercial. Nas estações mencionadas para a 2ª fase, falta a execução dos acessos, salas operacionais, estruturas internas, etc., cujos serviços estão em fase de contratação.

O leitor ironiza: É interessante a estação estar praticamente pronta, mas sem funcionar, mesmo com o trânsito infernal. Isso é uma jogada política!

NET SUMIU COM LINHA

26 dias de prejuízo

Há mais de dois anos minha linha telefônica é da NET, mas, desde 1.º/8, ela está inoperante. Segundo a própria NET, meu telefone "voltou" para a Telefônica! A empresa apresentou 3 prazos para a normalização do serviço e nenhum deles foi cumprido. Meu marido e eu estamos tendo muito prejuízo, pois somos obrigados a fazer ligações pelo celular. A Anatel já foi informada e o prazo de 5 dias úteis para a solução venceu em 17/8.

DIRCÉA BERNARDI NUNES CAZAL / SÃO PAULO

A NET informa que está buscando a solução do caso.

A leitora critica: O problema permanece. Ninguém da NET sabe aonde foi parar a linha que tenho há 21 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.