São Paulo Reclama

SUJEIRA A POUCOS METROS DA PREFEITURA

, O Estado de S.Paulo

21 Julho 2011 | 00h00

Limpeza só externa

Na "passarela" de pedestres ao lado da alça de acesso da Avenida 9 de Julho, no sentido túnel do Vale do Anhangabaú, há lixo e dejetos de moradores de rua. Para piorar, mendigos que acampam e fazem fogueiras na região. Tudo isso ocorre a menos de 200 metros da sede da Prefeitura. Já registrei vários pedidos de limpeza pelo 156 e fui pessoalmente diversas vezes à Prefeitura e à Regional Sé. Mas nunca lavaram ou varreram o local.

HÉLIO JOSÉ PERAZZOLO / SÃO PAULO

A Prefeitura de São Paulo esclarece, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, que agentes socioeducativos dos serviços Projeto Atenção Urbana e Presença Social nas Ruas atuam diariamente na abordagem de moradores em situação de rua em todas as regiões da cidade. Diz que, na região do Vale do Anhangabaú, os agentes realizaram, nos últimos 30 dias, 150 abordagens, que resultaram em 70 encaminhamentos para os diversos serviços da rede socioassistencial. Enfatiza que muitos dos cidadãos abordados pelos orientadores recusam o atendimento. O trabalho é permanente e tem a missão de convencê-los a deixar as ruas por meio dos programas assistenciais. Acrescenta, por meio da Subprefeitura Sé, que a passagem de pedestres na Avenida 9 de Julho recebe varrição 10 vezes ao dia, mais uma lavagem e desinfecção.

O leitor diz: Eu passo por ali pela manhã e à tarde. Tenho certeza de que o lugar não é limpo há muito tempo. Os garis que varrem a 9 de Julho disseram que não têm autorização para limpar a parte interna, onde passam os pedestres. Gostaria que me avisassem quando a limpeza será realizada.

COBRANÇA INDEVIDA

Nome fica sujo na Serasa

Em 21/2, às 13h06, entrei em contato com a NET para cancelar a assinatura em meu apartamento no Guarujá. Obtive a confirmação do cancelamento. Porém, em julho, recebi uma carta da Serasa informando que o meu nome fora incluído em seu cadastro de inadimplentes a pedido da NET. Descobri que foram encaminhadas diversas cobranças indevidas após o cancelamento. Em 11/7 entrei em contato com a NET e a atendente disse que a minha assinatura não havia sido cancelada porque, na época, eu não confirmara algumas informações de segurança. Essa é uma desculpa improcedente. Sinto-me ofendido e, o pior, o meu nome está sujo indevidamente.

GILBERTO F. MAGALHÃES JR. / MAIRIPORÃ

A NET informa que entrou em contato e esclareceu as dúvidas sobre a mensalidade.

O leitor desabafa: O problema ainda não foi solucionado.

RENOVAÇÃO DA CNH

Demora de mais de 50 dias

Em 24/5, após realizar todos os exames e pagar todas as taxas requeridas para a renovação da minha Carteira Nacional de Habilitação (CNH), dei entrada no processo no Poupatempo da Praça da Sé. O funcionário disse que o documento demoraria em torno de 30 dias para ser emitido e mais cinco para ser entregue por Sedex, conforme solicitei. Ele ainda explicou que a demora era porque, por determinação do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), os pedidos de renovação devem ir a Brasília para depois serem liberados. Mas, após o prazo estipulado, ainda não recebi a CNH. Reclamei no Poupatempo, Detran e Denatran. Somente o Poupatempo deu um retorno para informar que aguardava a liberação do Denatran para poder emitir a minha nova CNH. Em 13/7 entrei novamente em contato e soube que a emissão de meu documento ainda não fora liberada pelo Denatran nem pelo Detran-SP. Para piorar, não há previsão.

EDUARDO FREIRE / SÃO PAULO

O Detran-SP esclarece que a renovação do cadastramento da CNH no formato antigo, sem foto, é autorizada e liberada pelo Denatran, pelo sistema do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach). O envio da documentação para Brasília faz parte de uma nova determinação nacional protocolada no início de maio e busca evitar possíveis fraudes nos processos relacionados à CNH. Essa medida, explica, prolonga o prazo para a emissão do documento. Diz ainda que tomou todas as providências para a regularização da documentação e que está discutindo com o Denatran formas de agilizar o processo.

O leitor reclama: Fui ignorado nas duas vezes que contatei o Detran. Na primeira instância, o cidadão tem de recorrer ao Detran. Mas esse órgão diz que o problema é com o Denatran. A quem devo recorrer? Pois no site do Denatran não há nenhum meio de contato. Se eu receber multa por causa da CNH, quem irá pagá-la? Provavelmente a reposta será para eu buscar os meus direitos. Mas o meu direito é ter a minha CNH renovada num prazo razoável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.