São Paulo Reclama

TABELA ERRADA, CARRO REPROVADO

, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2011 | 00h00

Inspeção veicular

A Controlar reprovou três vezes o meu carro na inspeção veicular alegando "ruído excessivo no motor". Meu mecânico disse que o problema deveria ser nos escapamentos, pois o motor não faz barulho. Mandei trocá-los, mas o veículo foi reprovado de novo. De acordo com o manual da fábrica, o veículo zero-quilômetro sai da montadora produzindo 94,5 decibéis (dB). Mas a Controlar exige 85,2 decibéis.

SERGIO SCHWARZ / SÃO PAULO

A Controlar responde que segue os procedimentos e faz a medição dos níveis de ruído determinados pela Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente. O fabricante do veículo é quem fornece os limites de ruído homologados na fabricação do carro. O automóvel é uma Pajero TR4 ano 2005 e, pela tabela da Mitsubishi, pode emitir, no máximo, 85,2 dB (A). Mas, em 28/3, o carro emitiu 94,9 dB (A) e foi reprovado. A tabela de limites que está no site da Controlar é considerada nos casos de inexistência de tabela específica para o tipo de veículo. A Controlar acrescenta que não orienta quais são os reparos necessários a ser feitos no carro após reprovação.

O leitor diz: Na lista da Controlar consta a Pajero TR4, mas meu carro é TR4 modelo long range. São modelos diferentes tratados como iguais.

A MMC Automotores do Brasil responde que esclareceu as dúvidas do cliente e enviou para a Controlar a informação correta.

O leitor comenta: A Mitsubishi informou que corrigiu a tabela e a enviou para a Controlar. Vou fazer a inspeção em maio.

CICLOVIA NO IBIRAPUERA

Prazos não cumpridos

Em 8/10/2010 a Volkswagen iniciou uma obra no Parque do Ibirapuera e prometeu que a ciclovia ficaria pronta em 3 meses. O prazo estipulado passou e ela ainda não está pronta. Andar de bicicleta no local é perigoso tanto para os ciclistas como para os pedestres, pois não há demarcação da ciclovia nem placas indicativas ou sinalização no chão. Inclusive, já presenciei alguns acidentes. Qual a explicação para uma obra demorar mais do que o dobro do cronograma previsto para ficar pronta? Qual é o prazo de entrega da ciclovia?

FERNANDO BACCARI / SÃO PAULO

A Volkswagen (VW) do Brasil informa que o novo prazo para conclusão da obra da ciclovia do Parque do Ibirapuera está previsto para o fim desta semana. A data de entrega precisou ser alterada por causa do excesso de chuva no início do ano e das obras da Prefeitura de São Paulo, que, aproveitando as reformas promovidas pela Volkswagen, está pavimentando o asfalto de todas as ruas internas do parque. Em consequência disso, as obras da ciclovia precisaram ser interrompidas por tempo indeterminado até que a repavimentação da pista alcançasse o mesmo estágio.

A Secretaria do Verde e Meio Ambiente não respondeu.

O leitor comenta: Não sei exatamente qual é o grau de responsabilidade da Prefeitura e da VW pela obra, mas o fato é que o prazo se estendeu mais do que o programado e causou transtornos para os frequentadores do parque. Coincidência ou não, após enviar a reclamação ao jornal, a ciclovia foi pintada e demarcada. Mas ainda faltam as placas de sinalização.

ASSISTÊNCIA DA TVA

Serviço bem ruim

Estou desde janeiro com problemas com o serviço da TVA. Já liguei diversas vezes para a empresa pedindo a visita de um técnico para consertar o aparelho que queimou. Em cada ligação, perco cerca de 30 minutos. A empresa sempre envia um funcionário que não sabe de nada e acaba não solucionando o problema. Já perdi a conta de quantos vieram. Gostaria de registrar o tamanho descaso dessa empresa com o cliente.

JOANA VELOSO /SÃO PAULO

A TVA esclarece que todas as providências internas foram tomadas para evitar que esse tipo de situação ocorra novamente. A empresa informa ter entrado em contato com a cliente, que confirmou o pleno funcionamento do serviço após reparo do aparelho efetuado no dia 6/4. A TVA afirma que a cliente terá um crédito em sua próxima fatura referente ao período em que a programação contratada esteve indisponível.

A leitora discorda: O problema foi parcialmente resolvido. Trocaram o aparelho, porém o sinal continua ruim, em alguns momentos a imagem fica toda distorcida e tremida, quando não, fica sem som. Infelizmente a TVA não oferece um serviço de qualidade como é apresentado na propaganda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.