São Paulo Reclama

ERRO NO PROGRAMA SMILES DA GOL

, O Estado de S.Paulo

25 Março 2011 | 00h00

Prejuízo só da cliente

Em fevereiro, tentei comprar duas passagens para passar o carnaval em Belo Horizonte usando as milhas do meu cartão Smiles da Gol, pois algumas delas venceriam no final daquele mês. Quando estava finalizando a compra, o site fechou sozinho e não emitiu nenhuma mensagem. Ao entrar de novo, percebi que debitaram minhas milhas, mas colocaram meu 1.º nome errado. Telefonei para a central de atendimento e, após longa espera, fui atendida. A funcionária disse que eu deveria cancelar a passagem e reemiti-la com o meu nome correto. Mas, para isso, teria de pagar R$ 100. Como não sabia se conseguiria lugar no mesmo voo por causa dessa confusão no site, decidi cancelar a outra passagem, mas, para isso, teria de desembolsar mais R$ 100. Para piorar, soube que a mesma passagem comprada pelo site (R$ 349,45 + 3 mil milhas), diretamente na Gol custava o mesmo valor sem as milhas.

MARIA APARECIDA PACHECO E SILVA / SÃO PAULO

A Gol informa que entrou em contato com a cliente e esclareceu que a emissão do bilhete Smiles é finalizada com o débito das milhas. Ressalta que, caso ocorra qualquer anomalia ou instabilidade sistêmica após a autorização do débito das milhas, para alterar ou reembolsar o prêmio será aplicada a taxa administrativa prevista nas regras tarifárias e respaldada pelo regulamento do Programa Smiles, disponível no site. Com relação ao nome grafado incorretamente na emissão online, o procedimento de reembolso está sujeito à cobrança da taxa administrativa e a nova emissão.

A leitora diz: Um funcionário ligou e disse um texto decorado. Respondi que a sua explicação não me convenceu.

ISENÇÃO DE IPVA

Processo demorado

Por ser portador de deficiência física, adquiri um veículo especial com isenção de impostos. O documento do carro foi expedido em 29/12/2010. O pedido de isenção de IPVA foi protocolado em 4/1/2011, no posto da Secretaria da Fazenda - último passo para a conclusão de todo o processo de compra com isenção de impostos, de acordo com a lei. O problema é que não consigo fazer o licenciamento do carro, pois ainda constam em aberto os IPVAs de 2010 e 2011. Até o momento a Secretaria da Fazenda não deu andamento ao meu pedido de isenção desse imposto. A placa do meu carro é final 1 e o licenciamento será até 30/4. Se esse processo não for finalizado a tempo, não conseguirei licenciar meu carro. Se eu for flagrado pelas autoridades, poderei ter o veículo apreendido e, se isso ocorrer, sofrerei muito em decorrência da minha imobilidade.

PAULO SERGIO MARIANO / SÃO PAULO

A Secretaria da Fazenda esclarece que a solicitação do sr. Mariano já foi analisada e deferida. Diz que o pedido está na fase de notificação. Explica que o prazo médio

de atendimento para esse tipo de solicitação ocorre em torno de 60 dias, pois a análise e encaminhamento dos trabalhos obedecem rigorosamente à ordem de chegada. Neste mês de março, responde, a unidade da Fazenda concluiu a análise dos pedidos referentes aos protocolos que ingressaram em janeiro de 2011.

O leitor revela: O problema foi solucionado.

PODA DE ÁRVORE

Serviço demorado

Há uns 3 meses solicitei pelo telefone 156 da Prefeitura a poda parcial de uma árvore localizada em frente a minha casa, na Rua Paulo Barreto, em Pirituba, e até agora nada foi feito. Num dia de tempestade o fio neutro do poste quebrou e fiquei mais de 7 horas sem energia elétrica. Os técnicos da AES Eletropaulo, quando vieram reparar o fio rompido, cortaram apenas alguns galhos que estavam balançando em cima dos fios de energia que vêm pelo cabo da rua até o poste de entrada de casa. Mas eles alegaram que a poda mais ampla deveria ser feita pela Prefeitura.

WILSON R. VIEIRA / SÃO PAULO

A Subprefeitura Pirituba/Jaraguá informa que um engenheiro agrônomo da subprefeitura já fez a vistoria no local citado pelo leitor e solicitou a inclusão do serviço de poda na árvore citada na programação de equipe da subprefeitura. Esclarece que o serviço será executado nos próximos dias, após a devida autorização e publicação no Diário Oficial da cidade. Ressalta que todas as solicitações realizadas pelos canais de atendimento da Prefeitura são atendidas, desta forma, qualquer cidadão pode fazer denúncias ou solicitar serviços pelo telefone 156, praças de atendimento das subprefeituras ou pelo site da Prefeitura (http://sac.prefeitura.sp.gov.br).

O leitor diz: Somente solucionaram o caso após meu contato com o jornal. Aguardei vários meses por causa do descaso e omissão da Prefeitura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.