São Paulo Reclama

O PESADELO DO TRANSPORTE PÚBLICO

, O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2010 | 00h00

Promessas de melhorias

Quem se utiliza dos trens da CPTM da Estação Osasco até o Grajaú ou vai da Barra Funda até Itapevi só tem problemas. O serviço é lento e não há preocupação com a segurança. Em 13/11 peguei o trem para ir para o Grajaú e, após longa espera, uma multidão tentava entrar e outra, sair. A CPTM enviou seguranças com porretes para "direcionar" a população. Os trens da CPTM, além de sujos e sem ar condicionado, não possuem botões de emergência. Já presenciei uma senhora desmaiando por causa da lotação e do calor. Não há escadas rolantes suficientes e o valor da passagem é alto pelo serviço oferecido.

EDSON BERNARDO DE SOUZA / SÃO PAULO

A CPTM informa que, por meio do Programa Expansão-SP, investe na compra de composições, modernização e construção de estações e de modernos sistemas de sinalização, para diminuir os intervalos entre os trens. Ressalta que, nas Estações Palmeiras Barra-Funda, na Linha 8-Diamante, e Osasco, na Linha 9-Esmeralda, em horários de maior movimento, realiza, diariamente, a Operação Plataforma, que consiste na alocação de empregados devidamente uniformizados para organizar o embarque e orientar os usuários. Na Linha 8, 36 trens substituirão a atual frota. Estão sendo realizadas melhorias nas Estações Osasco e Carapicuíba. As estações Jandira, Engenheiro Cardoso e Itapevi estão equipadas com itens de acessibilidade (elevadores, escadas rolantes, piso tátil, etc.). Diz que as novas composições têm botão de emergência, No que diz respeito à limpeza dos trens, todas as composições passam por uma varrição nas estações terminais ao final de cada viagem.

O leitor relata: Tudo continua igual.

CARTÃO DO IDOSO

Falta de informação

Li que a CET está multando veículos de idosos estacionados sem o Cartão do Idoso, seguindo a Lei Federal 10.741 de 2003 e a Resolução 303 do Conselho Nacional de Trânsito de 2008. Mas, para isso, o governo e a CET deviam ter divulgado melhor esses princípios para evitar constrangimento.

ANTONIO ROCHAEL JR. / IGUAPE

O Departamento de Imprensa da CET informa que o Cartão do Idoso no Município de São Paulo foi regulamentado pela Portaria SMT GAB 017/10 e é destinado a pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, condutoras ou passageiras de veículos automotores e residentes no Município de São Paulo. Trata-se de uma Autorização Especial para o estacionamento de veículos, conduzidos por idosos ou para quem os transportem, nas vias e logradouros públicos, em vagas especiais devidamente sinalizadas para esse fim. Nas vagas especiais, em área de estacionamento rotativo pago Zona Azul, além do Cartão Idoso, o usuário deverá utilizar também a folha de Zona Azul. Para solicitar o Cartão, o interessado deve acessar o site da Secretaria Municipal de Transportes, pelo site da Prefeitura (www.prefeitura.sp.gov.br), e preencher um requerimento. Mais informações também podem ser obtidas no telefone 156.

TURISTAS DE UM DIA

Caos na praia

Por onde anda a fiscalização na praia de Santos? O que aconteceu comigo e minha filha de 3 anos é um absurdo. No dia 21/11, levei-a à praia, mas não conseguimos ficar nem na areia nem na água, pois os turistas de um dia se amontoaram com mochilas, panelas e garrafas de cachaça em todos os pontos. Alguns, já visivelmente embriagados, brincavam se jogando na areia e levantando a mesma em nossa direção, isso entre os canais 1 e 2. Também havia os que jogavam bola com chutes fortes, como se estivessem num estádio de futebol. Vi até uma senhora com fogãozinho a gás fritando ovos e peixes para seus companheiros. Na água, também não pude ficar, pois outras turmas jogavam bola. Isso em toda a praia, apesar da presença de policiais militares. A falta de fiscalização por parte da CET também era notória. Incrível!

E nós, munícipes, como ficamos? Para que servem os nossos impostos?

PAULO CESAR R. DE LIMA / SANTOS

A Prefeitura de Santos informa que mantém, por meio da Secretaria de Turismo, procedimento para cadastramento dos ônibus com turistas de um dia. O sistema funciona durante todo o ano e prevê emissão de autorização para entrada na cidade. Acrescenta que será reforçado a partir do início da temporada de verão, até o seu término, tendo em vista o aumento do fluxo de turistas à cidade e à Baixada Santista em geral. Da mesma forma, o trabalho feito pela Guarda Municipal na orla também será intensificado. Por fim, lembra o telefone à disposição do cidadão para acionar a Guarda em caso de flagrantes de irregularidades: 0800-177766.

O leitor revela: O problema melhorou bastante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.