São Paulo Reclama

PROBLEMA COM MEDICAMENTOS

, O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2010 | 00h00

Informações contraditórias

Em 5/8, fui buscar na farmácia do Hospital das Clínicas (HC) o medicamento Tansulosina, o qual tenho de tomar diariamente para um tratamento urológico. Cheguei à farmácia às 15h10. Mas a atendente, de forma grosseira, disse que, se eu realmente precisasse do remédio, teria chegado às 14 horas, pois há fila e o atendimento é feito até as 15 horas. Por que não colocaram no papel que o atendimento era até as 15 horas? Faço outro tratamento no Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HC e fui informado de que o Hospital das Clínicas não fornece o medicamento Miacalcic. Contestei dizendo que havia recebido um e-mail da Ouvidoria informando que havia essa medicação. A responsável pela farmácia disse à funcionária: "Ele deve ser aquele chato que mandou um e-mail reclamando, pode fornecer a medicação." Mas não pude levar o remédio, pois ela disse que eu teria de retornar ao médico para pegar o código de doenças (CID) correto, pois foi anotado o número errado. A cada momento dão uma desculpa diferente para não fornecer o medicamento. Os médicos nos atendem bem, diferentemente dos funcionários que trabalham na farmácia. As ouvidorias, por sua vez, nada fazem.

GERALDO COSTA DE OLIVEIRA / SÃO PAULO

O Hospital das Clínicas não respondeu.

O leitor comenta: Em 23/9, esperei mais de 1 hora para ser atendido. Mais uma vez fiquei sem a medicação, pois o CID estava errado. Pedi a uma enfermeira se poderia me ajudar, mas ela disse que todos os médicos estavam na hora do almoço. Perdi o meu tempo, fui desrespeitado e humilhado.

BIENAL

Arte polêmica

Que arte é essa que usa urubus, que está sendo exposta na Bienal Internacional de Arte de São Paulo? E o respeito às leis de proteção aos animais? O artista é que deveria ficar dentro de uma gaiola para a gente assistir a sua arte final. Espero que o jornal divulgue o problema para ajudar a manter vivos esses animais.

MARIO PAULO T. GOLDSTEIN / SÃO PEDRO DA ALDEIA (RJ)

A 29ª Bienal de São Paulo explica que o artista Nuno Ramos, autor da instalação Bandeira Branca, que utiliza urubus, tem todas as licenças exigidas pelos órgãos de preservação ambiental para o uso desses animais. Informa que elas são aves nascidas em cativeiro, no Parque dos Falcões (SE), e criadas com todos os cuidados necessários à sua sobrevivência e desenvolvimento. Durante a exposição, esclarece, as aves ocupam um espaço amplo e arejado, são alimentadas diariamente e o local é higienizado regularmente pelo tratador que as acompanha e as cuida desde que nasceram. Acrescenta que a saúde dos urubus é monitorada por um veterinário. A Fundação Bienal de São Paulo ressalta que a independência curatorial e a liberdade de criação, dentro dos contornos estabelecidos pela lei, são valores fundamentais da entidade.

O leitor comenta: Agradeço a explicação e enviarei essa resposta para meus amigos protetores de animais.

HISTÓRIA ANTIGA

Serviço ruim

Em 21/8, fiz mais uma reclamação na Telefônica para pedir providências para que meu telefone funcionasse de forma adequada, pois ele não recebe chamadas de celulares. Também registrei uma queixa na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) porque a Telefônica nem mesmo mandou um técnico para verificar a linha. Já tive outros problemas com essa empresa, quando pedi a transferência de minha linha em março.

MARCOS R. PEDRO / SÃO PAULO

A Telefônica não respondeu.

O leitor reclama: O problema não foi solucionado até hoje.

POLÍCIA FEDERAL

Renovação difícil

Estou tentando renovar o meu passaporte com bastante antecedência, mas o serviço de renovação não tem horário disponível para me atender. Um funcionário disse que "é assim mesmo". O atendimento sem agendamento só é feito 15 dias antes da viagem. Será que terei de arriscar, esperando todo esse tempo para obtê-lo?

LYDIA BRASIL / SÃO PAULO

A Polícia Federal não respondeu.

A leitora diz: Fiquei um dia inteiro tentando até conseguir fazer o agendamento. Marquei um horário, mas não foi me dada nenhuma opção de local ou data, pois só apareceu vaga na unidade da Rua Hugo D"Antola, em outubro. Não considero que meu problema tenha sido resolvido, pois ainda tenho de esperar para fazer a renovação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.