Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2010 | 00h00

Objeto sofre avarias

Enviei um instrumento musical pelos Correios para Vitória (ES) com o valor declarado. Ele chegou ao seu destino com avarias. Entrei em contato com os Correios e, após análise, constataram a falha no transporte. Porém, ainda não fui ressarcido. JOSE EDGARD CATÃO NETO / SÃO PAULO

A Diretoria Regional dos Correios de São Paulo Metropolitana esclarece que o objeto, postado em 4/6 e entregue em 5/6, foi levado para análise, que constatou a avaria no fluxo postal. Diz que, por isso, providenciou uma indenização no valor de R$ 1.544,90, que será depositada em até 10 dias úteis na conta corrente informada pelo cliente sr. Catão Neto.

O leitor comenta: O ressarcimento ainda não ocorreu, mas eles ainda estão no prazo. Não consigo acompanhar o andamento do reembolso pelo site, pois é preciso se cadastrar e o site não permite o acesso para fazer o cadastro.

SEM AUTORIZAÇÃO

Doação forçada

Há pelo menos 5 anos tento me livrar do donativo de R$ 10,45 para a Legião da Boa Vontade (LBV) descontado em minha conta telefônica e que deveria ter sido feito uma única vez. Quero receber o valor descontado corrigido e que essa instituição retire os descontos da minha conta telefônica.

OSVALDO JOSÉ DE OLIVEIRA / SÃO PAULO

A LBV responde que entrou em contato com o sr. Oliveira, colaborador mensal da instituição com R$ 5 desde janeiro de 2007. Esclarece que as providências necessárias para o cancelamento da doação foram tomadas e que o informou de que a quantia será descontada na sua conta com vencimento em setembro, pois ela já foi emitida em seu banco de dados, o que foi prontamente aceito pelo leitor. Acrescenta que o leitor disse que havia solicitado ao filho sr. Ivaldo que fizesse apenas o pedido de cancelamento da doação e que não quer a devolução dos valores. A LBV explicou a questão à sra. Laudicéia, irmã do sr. Ivaldo.

AINDA SEM SOLUÇÃO

Esperando há 4 meses

Em 6/2, assinei um contrato de serviço de gás para a cozinha e de aquecedor com a Comgás. A instalação não foi feita em 60 dias corridos, conforme prometido. Em 16/4, entrei em contato com a empresa e a atendente garantiu que eu teria um retorno em até 24 horas para tentar solucionar o problema. Mas ninguém me contatou.

ANSELMO BRANDI / SÃO PAULO

A Comgás responde que pede desculpas ao sr. Brandi pelos transtornos causados e informa que enviou técnicos à residência do cliente para atender à sua solicitação. Porém, explica que após diversas visitas foi constatado que o condomínio enfrenta problemas de vazamento, que estão sendo sanados pela empresa responsável pela construção do prédio. Responde que, assim que todos os reparos forem finalizados, o cliente entrará em contato para a empresa fazer a ligação de gás.

O leitor diz: A questão não foi solucionada, porém, agora o problema é com a construtora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.