, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2010 | 00h00

Problema com o voo

Domingo, 15/8, acompanhei meus dois sobrinhos italianos ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. Eles estavam em férias e iriam viajar às 11h15 num voo direto para São Luís, no Maranhão, pela TAM. Na fila do check-in foram avisados de que não embarcariam porque os passageiros em trânsito de um voo internacional atrasado tinham preferência. Segundo um funcionário, essa é uma norma da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Eles aceitaram ser recolocados num voo da Gol, pois era praticamente no mesmo horário. Mas, ao fazer o check-in, descobrimos que o voo não era direto, conforme disseram, e seu destino final era Belém, do Pará. Meus sobrinhos tiveram de fazer uma conexão e só chegaram em São Luís à noite. Procurei o Juizado Especial Cível, mas ele estava fechado - abriria somente às 15 horas. Procurei a Anac, porém, o sistema estava fora do ar.

PAULO VAN DEURSEN / SÃO PAULO

A TAM entrou em contato com o leitor sr. Van Deursen para informá-lo de que colocou à disposição do sr. Tito e da srta. Marta um crédito de passagem válido até 20/8/11 como forma de minimizar os transtornos. Esclarece que um imprevisto técnico impossibilitou o embarque dos clientes no voo JJ 3320 (São Paulo/São Luís) e que as acomodações no voo seguinte disponível foram providenciadas pela empresa.

PLANO DE TV A CABO

Mudança não solicitada

Em 16/8, recebi uma fatura da Sky. Nela meu plano de TV por assinatura havia mudado e a mensalidade estava R$ 33 mais cara. Entretanto, eu não havia pedido nenhuma alteração. Entrei em contato e a atendente informou que a empresa, por mera liberalidade e sem prévio aviso, decidiu alterar meu plano adicionando novos canais. Ela alegou que essa prática era normal e, caso o cliente não queira o novo plano, basta ligar para cancelá-lo. Para mim, a atitude da Sky é de dolo, pois pretende arrecadar mais dinheiro dos seus clientes.

SÉRGIO MARIANO / SÃO PAULO

A Gerente de Relações de Consumo da Sky, Blandina Silva, pede desculpas pelo transtorno causado e diz que uma funcionária entrou em contato com o sr. Mariano, em 20/8, para informá-lo de que a correção do pacote foi feita e o valor reclamado revertido.

LIMPEZA URBANA

Crítica e sugestão

A redução dos recursos destinados à limpeza urbana está sendo danosa à cidade e isso terá consequência maior quando começar o período de chuvas. Tirar dinheiro de um serviço tão essencial como o da varrição é atentar contra a boa qualidade de vida da população e, além do mais, é uma grande demonstração de descaso com a cidade. A Prefeitura deveria colocar em prática a proposta de construir mais ecopontos e deixá-los abertos 24 horas, inclusive aos sábados e domingos, se quiser diminuir a quantidade de entulho na rua.

DEVANIR AMÂNCIO / SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.