São Paulo reclama

SURPRESA INDESEJADA

, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2010 | 00h00

Bagagem furtada

Viajei de Londres para Campinas pela Transportes Aéreos Portugueses (TAP). Esse voo fez uma conexão em Lisboa antes de aterrissar no Aeroporto Internacional de Viracopos. Ao desembarcar, notei que estava sem a minha bagagem. O funcionário da TAP informou que ela ficara em Lisboa, mas que a companhia iria entregá-la em casa. Dois dias depois, a mala chegou revirada e faltando três perfumes e duas jaquetas.

ROBERTO CÉSAR FERREIRA / SÃO PAULO

A TAP não respondeu.

O leitor informou à Coluna que a TAP entrou em contato e que aguarda o reembolso.

FAIXA DE PEDESTRES

Feita pela metade

Na esquina da Rua São Domingos com a Major Diogo, na Rua Genebra com a Maria Paula e na alça de saída da Avenida 23 de Maio para o Viaduto Maria Paulina, as faixas de pedestres estão pela metade. O resto da rua ficará sem a faixa?

SÉRGIO HIDEKI KANOMATA/ SÃO PAULO

A CET informa que há um projeto de sinalização horizontal para os locais citados que prevê a adoção de faixas de travessia de pedestres para garantir a fluidez e a segurança do tráfego. Diz que o projeto será instalado de acordo com o cronograma de serviços da CET.

O leitor responde: Somente a faixa da Rua Genebra com a Rua Maria Paula foi refeita.

MUDANÇA SEM AVISO

Vencimento da conta de luz

Até fevereiro, minhas contas de energia elétrica venciam dia 5. Como as faturas são pagas em débito automático, só em julho percebi que o boleto referente ao mês de junho foi pago em 2/7, e que a conta de julho foi debitada em 30/7. Liguei para a concessionária e fui informada de que é responsabilidade do cliente comunicar quando é o melhor dia de vencimento. Mas não fui avisada disso.

LYA WILLIAMS / SANTANA DE PARNAÍBA

A AES Eletropaulo informa que para atender à Resolução 456 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os vencimentos das contas de energia que tinham data fixa sofreram alteração a partir de agosto de 2009. Orienta a cliente a solicitar a alteração do vencimento, a partir das melhores datas correspondentes à sua unidade consumidora.

RETRATO DA POBREZA

Barba, um morador de rua

Na Rua Haddock Lobo, entre as Ruas Antônio Carlos e Luís Coelho, Cerqueira César, há um morador de rua que sofre de problemas mentais, o "Barba" ou "Ai, ai, ai, ui, ui, ui". Ele grita e faz gestos obscenos. Tentei conversar com ele, pois há quem queira lhe dar uma surra. Ele disse que tem uma faca e nada a perder. Procurei a PM, mas soube que nada pode fazer.

TERESA CRISTINA COSTA / SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.