São Paulo reclama

PARA SETEMBRO

, O Estado de S.Paulo

17 Agosto 2010 | 00h00

Iluminação da Anchieta

Há 2 ou 3 anos, as luminárias e os postes do perímetro urbano da Rodovia Anchieta foram substituídos. Porém, há mais de 6 meses a maioria das lâmpadas está apagada. A distância entre os postes é de cerca de 50 metros e há trechos de 2 quilômetros sem iluminação.

LUIZ ROBERTO SAVOLDELLI / SÃO PAULO

A AES Eletropaulo informa que está previsto para o final de setembro o restabelecimento da iluminação do km 10 ao 18 da Rodovia Anchieta. Diz que está em fase de execução um projeto que contempla a substituição de lâmpadas, equipamentos e a rede do local e a conclusão dos serviços está prevista para o início de 2011.

CRUZAMENTO PERIGOSO

CET estuda o local

Solicitei à CET a instalação de um semáforo no cruzamento da Rua das Giestas com a Paramu, na Vila Bela, onde há um grande fluxo de pedestres. No local há um posto de saúde e uma escola pública. É comum ver pessoas quase sendo atropeladas e é uma aventura atravessar entre as 5h30 e 6 horas.

MÁRCIA CHINELATO / SÃO PAULO

A CET esclarece que estuda o cruzamento citado para analisar se o local irá receber um semáforo e que a avaliação ainda deve durar cerca de 30 dias. Informa que para instalar um semáforo é necessário considerar alguns critérios, como: geometria da via, tipo de uso do solo, polos geradores de travessia de pedestres e histórico de acidentes no local.

TRIBUTO A GARCÍA LORCA

Praça das Guianas

Na Praça das Guianas há uma obra do escultor Flávio de Carvalho em homenagem ao poeta e dramaturgo Federico García Lorca. Esse monumento deve ser cuidado como um importante patrimônio artístico e cultural. Seu estado de conservação requer cuidados, sob o risco de perdermos a escultura.

GUILHERME MOSSA / SÃO PAULO

A Secretaria Municipal de Cultura explica que todas as esculturas que compõem o acervo de obras de arte em logradouros públicos são limpas periodicamente. Informa que o Monumento a García Lorca necessita de limpeza e restauro e que isso está sendo providenciado pelo programa Adote uma obra artística. Diz que uma empresa está interessada em aderir ao projeto e os trâmites já estão em andamento. Acrescenta que, quando for oficializado, o convênio será publicado no Diário Oficial e o restauro poderá começar imediatamente. A expectativa é de que seja iniciado até o final do ano.

ABUSO

Exigências de flanelinhas

Na região da Praça Morungaba, perto da Avenida Brigadeiro Faria Lima, há ruas que têm o estacionamento liberado. Porém, elas são reservadas com cones e faixas por flanelinhas que trabalham no local. Eles pedem um valor mensal ou diário para estacionar lá e até exigem que as chaves do carro fiquem com eles. Isso é inadmissível!

GUSTAVO FABRICIO / SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.