São Paulo Reclama

CONTA PENDENTE EM LETRAS MIÚDAS

, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2010 | 00h00

Corte de energia

Em 5/3, às 13 horas, a acompanhante de minha mãe, de 92 anos, ligou dizendo que havia um funcionário da AES Eletropaulo avisando que iria desligar a energia elétrica por falta de pagamento. Respondi que todas as contas estavam pagas e expliquei onde estavam os comprovantes. Mas o funcionário não esperou os documentos e desligou a luz. Depois, verifiquei que na última conta quitada havia um aviso de não-pagamento de outubro - em letras muito pequenas. Paguei a fatura e pedi a religação imediata. Mas a energia só voltou quatro dias depois. Minha mãe é idosa, precisa usar vários aparelhos elétricos e teve uma crise de hipertensão por causa do ocorrido. Para completar recebi a cobrança de R$ 68,70 como taxa de religação. Concluo que esses desligamentos são uma forma de a empresa conseguir receber uma receita extra.

ROBERTO JANNY TEIXEIRA / SÃO PAULO

A AES Eletropaulo esclarece que em 13/3 e 16/3 equipes foram ao local para fazer a religação, mas não havia um responsável para apresentar o comprovante de pagamento e o acesso ao centro de medição estava impedido. Diz que religou a luz em 16/3, cancelou a taxa cobrada e que o valor será compensado na próxima fatura. Recomenda a leitura integral da conta, já que comunica os débitos pendentes em campo específico da fatura.

O leitor contesta: As datas da religação e da visita dos funcionários da Eletropaulo não correspondem às citadas pela empresa. Tenho o testemunho dos porteiros e a conta quitada estava à disposição desde o dia do corte de energia. Trata-se de um desrespeito o modo de agir da concessionária.

VAZAMENTO E BURACO

O perigo aumenta

No início de maio, por causa

de um vazamento de água,

formou-se um buraco na Rua Ministro Rocha de Azevedo. A Sabesp consertou o vazamento, mas o buraco continua lá.

VIRGINIA A. BOCK SION

/ SÃO PAULO

A Subprefeitura de Pinheiros

informa que o local passou por obras da Sabesp. Diz que notificou a concessionária, em 9/4, para que tomasse as providências

cabíveis e que um novo ofício

foi enviado no dia 11/5.

A leitora comenta: A cada dia que passa o buraco fica maior

e mais profundo.

TRÂNSITO

Desrespeito às leis

No dia 18/5, às 19 horas, no sentido inverso da confluência da alça de acesso da Marginal do Pinheiros para a Ponte Estaiada um caminhão plataforma a serviço da CET e do DSV, de placa IWF 0185, em vez de aguardar

o trânsito fluir, após a abertura do sinal na Avenida Roberto

Marinho, optou por trafegar por cima da sinalização que

delimita o encontro das duas

alças. Na sua "cola", outros

veículos o seguiram.

MAURO RIBEIRO GAMERO

/ SÃO PAULO

A CET informa que não existe

cadastro da placa IWF-0185

indicada pelo requerente. Por aproximação, foram encontradas as placas EWF-0185 e EWF-0186, pertencentes, respectivamente, aos caminhões de guincho 8837

e 8838, que, no entanto, pelo registro de GPS, não estavam no local e horário indicados na reclamação. Diz que está reorientando os

motoristas sobre a obrigação de seguir as regras de trânsito.

O leitor lamenta: A resposta da companhia está clara, a CET só não admitiu a infração por corporativismo. Da próxima vez, tomarei o cuidado de passar a informação da hora, do minuto, do segundo e, se possível, os números do CPF e do RG do motorista.

MENSAGEM DA NET

Assistência técnica falha

Sou assinante da NET há bastante tempo e desde o mês passado de 10 em 10 segundos aparece na tela da TV uma mensagem dizendo: "Sinal não encontrado verifique seu conector, desligue e ligue da tomada e, se tudo isso não resolver, entre em contato conosco pelo telefone 10621." Segui o procedimento, sem resultado. Telefonei para a NET, que enviou um técnico à minha casa. Mas ele nem sequer tocou nos aparelhos e disse que não havia nada de errado. No entanto, o problema continuou. A NET diz que vai mandar um técnico para verificar a instalação no prédio, porém, não envia ninguém. Soube ainda que alguns vizinhos estão com o mesmo problema.

AGOSTINHO LOCCI / SÃO PAULO

A NET esclarece que entrou em contato com a mulher do sr. Locci, sra. Aldineia, em 17/5, para informar que concedeu descontos pelo problema técnico ocorrido.

O leitor informa: O problema continua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.