Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

São Paulo recebe primeiro centro de inspeção veicular

Local começa a funcionar na próxima sexta-feira e vai medir nível de poluentes emitidos por veículos a diesel

Humberto Maia Junior , Jornal da Tarde

30 de abril de 2008 | 16h27

A Prefeitura inaugurou nesta quarta-feira, 30, o primeiro centro de inspeção veicular em São Paulo, no Jaguaré, na zona oeste de São Paulo. O local fica aberto a partir de sexta-feira, 2, para veículos movidos a diesel. O centro tem capacidade para medir o nível de gases poluentes de 860 veículos por dia. A frota de veículos movidos a diesel em São Paulo é de 350 mil. A taxa deverá ser reembolsada, mas o prefeito ainda estuda a data em que passará a valer. "A portaria está sendo publicada, (a devolução) será feita em conta corrente. Existe uma pequena dúvida, por ser ano eleitoral, qual será a data de reembolso. Isso será dirimido mediante consulta no Tribunal Superior Eleitoral." Até o final do ano, todos os veículos movidos a diesel terão de passar pela inspeção veicular. A inspeção para carros movidos a álcool e gasolina será obrigatória a partir de maio de 2009. Por não haver regulamentação no Conselho Nacional do meio Ambiente (Conama), as motos ficam de fora. Até setembro, outros 4 centros de inspeção serão inaugurados. Até maio do ano que vem, serão 35 locais. "As emissões de poluentes de veículos corresponde a mais de 95% da poluição que afeta a região metropolitana de São Paulo", disse o secretário do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo Jorge. "O programa (de inspeção veicular) tem capacidade de bloquear 30% desse risco."

Tudo o que sabemos sobre:
inspeção veicularSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.