São Paulo deixa estado de atenção por causa da chuva

Zonas leste, norte, sul e Marginal do Tietê registram precipitação forte nesta tarde

estadão.com.br,

06 de janeiro de 2012 | 14h45

SÃO PAULO -  Depois da chuva perder intensidade, as zonas sul, norte, leste e a Marginal do Tietê, em São Paulo, deixaram o estado de atenção às 17h10 desta sexta-feira, 6. A zona leste entrou em atenção às 14h25 e, às 15h15, o decreto foi ampliado.

As chuvas que atingiram a capital deram uma trégua, restando apenas chuva leve com pontos moderados na maioria das regiões. De acordo com imagens de radar, há registro de chuva moderada apenas no extremo sul, entre os bairros de Grajaú e Parelheiros, na zona sul. Na Grande São Paulo, a precipitação é moderada em São Bernardo e parte de Mairiporã e Guarulhos.

Conforme informações de munícipes, às 15h foi observada queda de granizo em Jaçanã e Vila Maria, e, às 14h47, em Perus, na zona norte. Às 16h, o aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, registrou rajadas de vento de aproximadamente 40km/h.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), as próximas horas devem apresentar céu com muitas nuvens e pancadas isoladas de chuva na Grande São Paulo. O potencial para chuvas fortes diminui sensivelmente.

No sábado, 7, o sol aparece entre muitas nuvens, mas a partir da tarde, o calor e a entrada da brisa marítima formam áreas de instabilidade que provocam pancadas de chuva com trovoadas. Há potencial para rajadas de vento e alagamentos. Os termômetros oscilam entre a mínima de 18ºC e máxima de 28ºC. No domingo, 8, sol, calor e chuva na forma de pancadas rápidas e isoladas no período da tarde. Mínima de 18ºC e máxima de 27ºC.

O texto foi atualizado às 17h29.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaatençãoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.