São Paulo deixa estado de atenção

Cidade ainda tem um ponto intransitável na zona norte

Daniela do Canto, do estadao.com.br, SÃO PAULO

28 de dezembro de 2009 | 02h43

Depois de pouco mais de duas horas, a capital saiu do estado de atenção por volta da 1h30 desta segunda-feira, 28, informou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

Mas a chuva ainda provoca reflexos. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa que a cidade tem um ponto de alagamento intransitável, na altura do número 32 da Rua Bruno Lincoln Fuchs, no Jardim Maristela, zona norte.

Ainda conforme a CET, uma árvore caiu pouco depois da 1 hora na esquina da Alameda dos Jurupis com a Avenida Moema, em Moema, na zona sul. A via está totalmente interditada.

Rodovias alagadas

Duas rodovias na Grande São Paulo estão interditadas devido a alagamentos. O trecho da Anhanguera na altura do km 18 está intransitável no sentido capital. Conforme a concessionária AutoBAn, o acesso à cidade de Osasco foi interditado. A opção é um retorno no km 19.

A Rodovia Presidente Dutra também está alagada no sentido Rio de Janeiro, na altura do km 194, em Arujá. A opção de desvio é a saída 199, que dá acesso à Rodovia Ayrton Senna. Conforme a NovaDutra, à 1h35 há um km de congestionamento no desvio.

Previsão do tempo

Conforme o CGE, esta semana deve manter as mesmas condições do feriado prolongado de Natal, com tempo nublado, quente e pancadas de chuva durante a tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulochuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.