Felipe Cordeiro/Estadão
Felipe Cordeiro/Estadão

São Paulo bate recorde de trânsito no ano na saída para o feriado

Segundo a CET, cidade registrou 197 km de congestionamento às 18h30; média para o horário varia entre 100 km e 118 km

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

27 Abril 2018 | 19h17

SÃO PAULO - A saída do paulistano para o feriado prolongado do Dia do Trabalho - que será comemorado na próxima terça-feira, 1º de maio - fez a capital paulista registrar recorde de trânsito em 2018 no fim da tarde desta sexta-feira, 27. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 18h30, São Paulo tinha 197 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pelo órgão. A média para o horário varia entre 100 e 118 quilômetros.

+++ 2 milhões de veículos devem deixar a cidade nesta sexta-feira em razão do feriado de 1º de maio

Antes, o recorde de trânsito na cidade no ano havia sido registrado no dia 29 de março, quando os trechos de retenção somaram 148 quilômetros às 18 horas. Já o maior volume de congestionamento da história aconteceu há quatro anos. Em 23 de maio de 2014, a capital tinha 344 quilômetros de morosidade às 19 horas.

+++ Abertura de Rodoanel não alivia trânsito, mas melhora condições de saúde em SP

Principal via de acesso às rodovias que ligam São Paulo aos municípios do interior e do litoral, a Marginal do Tietê era a via mais congestionada às 18h30. Na pista local, eram  17,6 quilômetros de retenção, no sentido da Rodovia Ayrton Senna. A lentidão se estendia da Rodovia Castelo Branco à Presidente Dutra.

+++ CAMINHADAS URBANAS: Como o Waze e os aplicativos de trânsito estão piorando a qualidade de vida nas ruas

Já na pista central, a morosidade chegava a 13,6 quilômetros e ia da Rodovia dos Bandeirantes à Dutra. Por sua vez, a expressa tinha 11,8 quilômetros, da Ponte Atílio Fontana, que dá acesso à Rodovia Anhanguera, à Rua Azurita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.