São Paulo amanhece com garoa; sol apenas no fim de semana

Segundo a Climatempo, a chuva que cai na cidade trará uma sensação térmica confortável

Gustavo Miranda e Solange Spigliatti, estadao.com.br

07 de fevereiro de 2008 | 10h12

Os paulistanos já amanheceram esta quinta-feira, 7, com a chuva caindo por toda a cidade. O tempo segue chuvoso pela manhã, mas a chuva vai continuar fraca. As áreas de instabilidade que já estavam sobre os demais Estados do Sudeste se espalharam sobre São Paulo e desde a noite de quarta-feira, 6, a nebulosidade e a possibilidade de chuva aumentaram.   Segundo a Climatempo Meteorologia, a cidade de São Paulo tem um dia sem sol, com chuva e sem  calor. A temperatura às 6 horas estava em torno dos 19 graus. A expectativa é de sol forte e calor apenas no fim de semana. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a temperatura mínima fica em torno de 19 graus e a máxima pode chegar a 24 graus.   Durante o dia a sensação térmica será confortável. Os ventos sopram do quadrante Norte com intensidade de 11 km/h. A umidade relativa do ar está em torno de 82%. A Grande São Paulo também será atingida pela chuva fraca, segundo a Climatempo. As nuvens carregadas provocam chuva moderada desde a noite de quarta-feira em Guarulhos. No ABC, a situação é semelhante.   As áreas de instabilidade que estão sobre o Estado  deixam o tempo chuvoso no Vale do Paraíba. A chuva acontece de forma generalizada, mas em geral com fraca intensidade. A previsão é de que a chuva continue também durante a tarde.   O tempo melhora no leste paulista e ocorrem períodos de sol no decorrer do dia, espantando um pouco a sensação de frio. No interior, o sol favorece a elevação das temperaturas. Entre o final de tarde e a noite as chuvas retornam na forma de pancadas para a maior parte das regiões paulistas.   As chuvas de maior intensidade são previstas para a faixa litorânea e ao longo da divisa com Minas Gerais, onde há risco de temporais isolados com descargas elétricas, rajadas de vento e potencial para alagamentos, inundações, queda de árvores e destelhamentos, principalmente nas regiões de Franca, Ribeirão Preto, Campinas e Vale do Paraíba.

Tudo o que sabemos sobre:
temperaturachuvaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.