Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

São Bernardo adia volta às aulas para ampliar vacinação contra a febre amarela

Município da Grande São Paulo realizará campanha de imunização em mais de 100 escolas durante a próxima semana; meta é vacinar 707 mil pessoas

O Estado de S.Paulo

31 Janeiro 2018 | 09h47

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, adiou em uma semana o início do ano letivo municipal, que iniciaria na próxima segunda-feira, 5. A mudança possibilita a ampliação da campanha contra a febre amarela na cidade, que aplicará  a vacina nas mais de 100 escolas municipais entre os dias 5 e 9 de fevereiro, das 9 às 16 horas.

A decisão foi anunciada na terça-feira, 30, pelo prefeito Orlando Morando (PSDB). Até a data, a cidade havia atingido apenas 11% da meta total, que é 707 mil doses aplicadas. Além das escolas, a campanha segue nas 34 Unidades Básicas de Saúde de São Bernardo, das 7 às 17 horas.

++++ Nº de casos de febre amarela sobe para 213, com 81 mortes no País

Com a mudança, o início das aulas na rede municipal de ensino ocorrerá no dia 17 de fevereiro. Segundo a Prefeitura, a decisão não afetará o andamento do ano letivo, que permanecerá com 200 dias de atividades. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.