Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Santos decreta estado de atenção para deslizamentos

Em menos de 48 horas, cidade registrou 272,6 milímetros de chuva, volume superior ao esperado para todo o mês

Zuleide de Barros, O Estado de S. Paulo

24 Dezembro 2014 | 16h45

SANTOS - As cidades de Santos e Cubatão decretaram estado de atenção nos morros, por causa dos deslizamentos registrados na região desde a tarde de segunda-feira, em razão dos temporais na Baixada Santista. Em menos de 48 horas, a região registrou 272,6 milímetros de chuva, volume 13% superior ao esperado para todo o mês de dezembro, que era de 240 milímetros.

Desde 1978, a região não enfrentava tanta chuva, que coincidiu com um período de maré alta, o que contribuiu para os alagamentos registrados em várias cidades.

Uma família de seis pessoas teve de ser retirada preventivamente de sua residência, localizada em área de risco, no Morro do José Menino, em razão da queda de uma barreira, que poderia comprometer a casa. 

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Santos, Daniel Onias Nossa, toda a região dos morros está sendo monitorada. No bairro da Caneleira, na zona noroeste, uma pedra se moveu, mas, de acordo com os técnicos, sem risco para os moradores próximos.

As regiões com alagamentos também são alvo de preocupação da Defesa Civil. A Avenida Nossa Senhora de Fátima, importante via que liga Santos a São Vicente, permanecia interditada ontem para veículos de passeio. Somente ônibus e caminhões podiam circular pelo local.

Foi nesta avenida que cerca de cem clientes de um atacadista ficaram ilhados, na segunda-feira. Eles foram fazer compras no estabelecimento, quando acabaram surpreendidos pelo vendaval e tiveram de dormir no local.

Previsão. O dia de ontem amanheceu sem chuva, mas, por volta das 10 horas, algumas pancadas voltaram com força à região, sem causar grandes estragos. Perto das 13 horas, o tempo melhorou. De acordo com informações da Climatempo, a previsão para hoje, dia de Natal, indica que a situação deve continuar estável, com pouca chuva. O fim de semana também deve ter tempo bom, com sol, para animar os turistas que começam a chegar para passar o fim de ano nas praias da Baixada Santista. 

Mais conteúdo sobre:
chuva temporal Santos deslizamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.