Santa Catarina registra -1,8°C na primavera

Temperatura é mais baixa nos últimos dez anos na cidade de Urupema, que amanheceu coberta por camada gelo; fenômeno La Niña é a causa

Júlio Castro ESPECIAL PARA O ESTADO FLORIANÓPOLIS, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2010 | 00h00

Santa Catarina registrou ontem de madrugada temperatura abaixo de zero em plena primavera. A mínima em Urupema, no sul do Estado, foi de -1,8°C, a mais baixa na cidade nos últimos dez anos. Situado a 1.425 metros de altitude em relação ao nível do mar, parte do município teve sua paisagem coberta de branco por uma camada de gelo.

Segundo o meteorologista Marcelo Martins, da Epagri-Ciram, principal órgão meteorológico do Estado, a baixa temperatura em Santa Catarina se deve à atuação da La Niña. O fenômeno se caracteriza pela diminuição do volume de chuvas e frio estendido na transição do inverno para a primavera.

São Joaquim e Urubici, na mesma região, marcaram mínimas de 0,1ºC e 3ºC, respectivamente. No meio-oeste do Estado, as mínimas ontem pela manhã também foram baixas. As mais significativas foram registradas em Abdon Batista (4,3ºC), Rio das Antas (4,6ºC), Campos Novos (4,7ºC) e Caçador (4,8ºC). "Foram, sem dúvida, as temperaturas mais baixas nos últimos 10 anos e que devem se repetir com a incidência de geadas isoladas", afirmou Marcelo Martins.

Agricultura. Em Urupema, município com 2.536 habitantes e economia baseada na plantação de maçãs, a intensidade do frio fez com que os agricultores passassem a madrugada molhando as culturas para que não fossem cobertas pela geada, garantindo que as plantas recentemente mudadas não morressem. "Só assim a gente consegue amenizar os efeitos da geada e diminuir o prejuízo", disse o produtor Armstrong Zen. No fim de outubro deste ano, a queda brusca de temperatura no município comprometeu em 70% a produção de maçãs. A cidade é responsável pela produção anual de 19 mil toneladas da fruta.

A previsão é de que as temperaturas subam no Estado a partir de hoje. O La Niña deve continuar influenciando o clima em Santa Catarina até o primeiro trimestre do próximo ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.