Nilto Fukuda/AE
Nilto Fukuda/AE

Saiba o que abre e o que fecha no Dia de Finados em São Paulo

Transporte tem frota reduzida como um dia de domingo; cemitérios devem receber 1,5 milhão de pessoas

Estadão.com.br,

01 Novembro 2011 | 16h41

Nesta quarta-feira, 2, algumas repartições públicas municipais sofrerão alteração no horário de atendimento devido ao Dia de Finados. As feiras livres funcionarão nos locais e horários habituais e os parques municipais abrirão normalmente. A expectativa é que cerca de 1,5 milhão de pessoas passem pelos 22 cemitérios municipais. Veja abaixo:

 

Transporte. Os ônibus municipais vão circular com 70% da sua frota de ônibus na capital. Trens do Metrô e da CPTM vão operar com número reduzido, como em um domingo. Os ônibus intermunicipais da EMTU trabalham com 50% da frota comum.

Rodízio. O rodízio municipal de veículos no centro expandido de São Paulo está suspenso no feriado.

Saúde. No dia 2 de novembro os hospitais, prontos-socorros e os serviços de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) funcionarão o dia todo, ininterruptamente.

As AMAs tradicionais abrem de segunda a sábado, inclusive no dia 2 de novembro, das 7 às 19 horas. As AMAs Especialidades fecham durante o dia 2 (quarta-feira) e funcionarão normalmente na quinta-feira, 3. As AMAs que funcionam 24 horas abrem todos os dias, sem interrupções.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os Ambulatórios de Especialidades fecham no dia 2, voltando a funcionar no dia 3.

Procon. As unidades permanecerão fechadas no feriado.

Correios. Apenas a unidade do Aeroporto Internacional de Guarulhos vai abrir, em regime de plantão, das 9h às 17h.

Poupatempo. Todas as unidades estarão fechadas no dia 2.

Feiras, mercados e sacolões. Os mercados municipais funcionarão nos seguintes horários: Central Leste, das 7h às 13h; Pirituba, das 7h às 14h; Guaianases, Ipiranga, Penha, Sapopemba, Vila Formosa e Teotônio Vilela, das 8h às 13h. Os demais permanecerão fechados neste dia.

Já os sacolões atenderão nos seguintes horários: Jaguaré, das 6h30 às 13h; City Jaraguá e João Moura, das 7h às 13h; Piraporinha, das 7h às 14h; Cohab Adventista, das 7h às 17h; Brigadeiro e Jaraguá, das 7h às 18h; Rio Pequeno, Avanhandava e Bela Vista, das 7h às 19h; Butantã, Freguesia do Ó e Estrada do Sabão, das 7h às 20h; e Cidade Tiradentes, das 8h às 15h. Os sacolões de São Miguel, Santo Amaro e da Lapa não funcionarão no feriado.

Assistência Social. Só vão funcionar no feriado os serviços de emergência e acolhida oferecidos 24 horas, ininterruptamente: Abrigos/Casas de Acolhida, Central de Atendimento Permanente e de Emergência (156/3258-9449); e os Centros de Acolhida (antigos albergues).

Cultura. No feriado, vão funcionar: Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (das 10h às 18h), Galeria Olido, Capela do Morumbi, Casa do Bandeirante, Casa do Grito, Casa Modernista, Casa do Tatuapé, Monumento à Independência (Capela Imperial), Museu do Teatro Municipal (das 10h às 18h), Ônibus Bibliotecas, Pavilhão das Culturas Brasileiras, Ponto de Leitura do Piqueri, Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos, Teatro Cacilda Becker e Teatro Municipal (só para a venda de ingressos na bilheteria, das 10h às 17h e para as visitas monitoradas que já foram pré-agendadas).

Educação. Não haverá aulas nas escolas municipais e nos Centros Educacionais Unificados (CEUs), que vão abrir só para atividades culturais e de lazer, nos horários habituais.

Esporte. Nos Clubes da Cidade e nos Clubes Escola haverá atividades de esporte e lazer nos horários habituais.

Subprefeituras. As Praças de Atendimento não funcionarão, retomando o atendimento no dia 3.

Trabalho. No feriado de 2 de novembro, as unidades do CAT e as do banco de microcrédito São Paulo Confia não atenderão ao público. O retorno ao funcionamento será no dia 3, das 7h às18h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.