Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Sabesp vai indenizar afetados por rompimento de tubulação no centro

15 mil moradores ficaram sem água no Pari e no Bom Retiro; não há previsão para normalizar abastecimento

Solange Spigliatti, estadão.com.br

31 de janeiro de 2012 | 10h36

SÃO PAULO - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) vai indenizar todas as pessoas que tiveram prejuízos causados pelo alagamento provocado pelo rompimento de uma tubulação de água na madrugada desta terça-feira, 31, na Rua São Caetano, no centro de São Paulo.

Segundo a Sabesp, cerca de 15 mil moradores dos bairros Pari e Bom Retiro ficaram sem abastecimento de água por conta do rompimento da tubulação e em nota "pede desculpas pelos transtornos causados". A estatal pede que os moradores da região economizem água, já que não há previsão para o restabelecimento do fornecimento.

Equipes trabalham no local desde a madrugada, fazendo o escoamento da água por bombas, já que as bocas de lobo estavam obstruídas. Com a drenagem da água, a companhia já iniciou o reparo, que deve estar concluído até o fim do dia. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) montou um desvio na região e pede que o motorista evite a rua.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.