Sabesp não aceita multa por vazamento de esgoto

A Sabesp vai recorrer de duas multas que recebeu da prefeitura do Guarujá, por causa de dois vazamentos em tubulações de esgoto na cidade. O problema já foi resolvido, diz a empresa - mas o esgoto espalhou-se pelas Praias de Pitangueiras e Enseada. "Não houve problema de manutenção, o sistema de drenagem do município é que não foi suficiente, defendeu-se o diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Umberto Semeghini. Ele diz, ainda, que um terço do esgoto da cidade não recebe tratamento. As multas chegam a R$ 303 mil.

, O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.