Estadão
Estadão

Sabesp conclui obra que levará água do Sistema Rio Grande à capital

Adutora liga Parque Real, em Diadema, à região de Pedreira, na zona sul de São Paulo, e abastecerá 250 mil pessoas que deixarão de ser atendidas pelo Sistema Guarapiranga

Stefânia Akel, O Estado de S. Paulo

13 Abril 2015 | 18h23

SÃO PAULO - A Sabesp informou nesta segunda-feira, 13, que colocou em operação uma nova adutora que vai permitir que, pela primeira vez, a água do Sistema Rio Grande abasteça parte da capital paulista. A adutora liga o Parque Real, em Diadema, a Pedreira, na zona sul de São Paulo, e vai abastecer cerca de 250 mil pessoas na região, que deixarão de ser atendidas pelo Sistema Guarapiranga.

Segundo a Sabesp, foram investidos R$ 7,6 milhões na obra, que foi realizada pela própria companhia. A adutora tem pouco mais de 2 quilômetros de extensão. Até então, o Rio Grande abastecia moradores de São Bernardo do Campo, Diadema e Santo André.

A Sabesp afirmou que a interligação de sistemas é uma das principais estratégias da companhia "diante da pior seca da história de São Paulo".

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Sabesp crise da água

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.