Sábado atípico faz São Paulo ter trânsito acima da média

Prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), último final de semana do Salão do Automóvel e procura pela região da Rua 25 de Março causam congestionamento em São Paulo

Rafael Italiani, O Estado de S. Paulo

08 de novembro de 2014 | 14h07

 SÃO PAULO - A soma de eventos simultâneos como a prova do Exame Nacional do Ensino Médio, o Salão do Automóvel no Anhembi, na zona norte, e o alto número de consumidores na Rua 25 de Março, na região central, faz com que São Paulo registre neste sábado um trânsito bem acima da média para um final de semana. 

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as 14h05 a cidade registrou 60 quilômetros de lentidão. Por volta das 13h, no pico de lentidão, o gráfico de lentidão do órgão mostrava um índice de 7,5% de trânsito nas vias monitoradas pela companhia, sendo que a média não costuma passar dos 3,5%. O horário em que a curva esteve no ponto mais alto do gráfico foi o mesmo em que a prova do Enem teve início.

No Corredor Norte-Sul a CET registrou uma fila de carros de 4,2 quilômetros de extensão entre os viadutos Indianópolis, na zona sul, e Santa Generosa, na região do Paraíso. As avenidas Tiradentes, Prestes Maia também ficaram paradas. O trânsito ao longo do corredor é motivado pela concentração na região de comércio popular da Rua 25 de Março. 

Já o último final de semana do Salão do Automóvel é o responsável por fazer milhares de carros ficarem parados na Marginal Tietê. Ao todo são 5 quilômetros de lentidão a pista expressa da via. 

Interlagos. Apesar da Fórmula 1 no Autódromo de Interlagos, na zona sul, deixar os distritos da Capela do Socorro e do Grajaú intransitáveis no final de semana, para a CET o evento não está contribuindo para o alto índice deste sábado. Mesmo assim, a zona sul inteira registra 17 quilômetros de lentidão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.