Ruas cheias de entulho da chuva travam o trânsito de SP

Os piores trechos de lentidão eram registrados na Ponte do Tatuapé e na Avenida Salim Farah Maluf

Elvis Pereira - estadao.com.br,

22 de fevereiro de 2008 | 16h10

Depois de uma manhã em que os reflexos da chuva de quinta-feira ainda atrapalhavam o trânsito de veículos por toda a cidade, o grande volume de veículos gerava 68 km de congestionamento nas vias da capital paulista às 15h49 desta sexta-feira, 22. O índice corresponde a 8,2% dos 820 km monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).   Veja também:  Acompanhe ao vivo a situação pela Rádio Eldorado  Previsão é de chuva nos próximos dias  Veja como está o trânsito em São Paulo pelo iLocal    Metade das filas de engarrafamento era registrada nas zonas sul e leste. A Avenida Salim Farah Maluf e a Ponte do Tatuapé, no sentido da Vila Prudente, reuniam o pior trecho de lentidão da cidade, com 4,6 km a partir da Avenida Professor Luiz Ignácio Anhaia Mello. Nestes trechos, o entulho gerado durante as chuvas bloqueavam o trânsito.   Na pista expressa da Marginal do Tietê, no sentido da Rodovia Ayrton Senna, havia mais 3,8 km de morosidade, entre as Pontes da Casa Verde e Freguesia do Ó. Quem acessava à Avenida dos Bandeirantes na pista sentido Marginal do Pinheiros enfrentava 3 km de trânsito ruim, do Viaduto Santo Amaro até a Avenida Miruna.   A fila de lentidão no Corredor Norte-sul (formado pelas Avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães) também atingia 3 km, no sentido do Aeroporto de Congonhas, no trecho entre a Praça da Bandeira e o Viaduto Santa Generosa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.