Roubo de veículos cresce 25% em São Paulo em julho

Casos na capital passaram de 3.380 em julho de 2012 para 4.237 no mesmo mês deste ano, segundo estatísticas divulgadas nesta segunda-feira pela Secretaria Estadual de Segurança Pública

O Estado de S. Paulo

26 de agosto de 2013 | 14h10

Texto corrigido às 15h43

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo teve uma alta de 25% no número de roubos de veículos no mês de julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado. As ocorrências subiram de 3.380 em 2012 para 4.237 em 2013, segundo estatísticas divulgadas nesta segunda-feira, 26, pela Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Os furtos de veículos tiveram alta de 21,8%, passando de 3.541 para 4.316. Os roubos em geral tiveram alta de 18,36%, passando de 9.616 para 11.382. Os furtos em geral subiram de 15.793 em julho de 2012 para 16.297 no mesmo mês de 2013, alta de 3,2%.

Os homicídios tiveram queda de 9,5% no período, de 92 para 84, e os latrocínios caíram de 12, em julho de 2012, para 11 em julho deste ano.

Estado. No Estado como um todo, a alta no número de roubos de veículos se repetiu no mês de julho. Foram 6.760 em julho de 2012, ante 8.405 ocorrências no mês passado, elevação de 24,3%. Os furtos de veículos subiram 10,6% (de 9.142 para 10.115) e os roubos em geral tiveram crescimento de 14,5% (de 20.052 para 22.954).

Os homicídios, por sua vez, caíram 10,05% na comparação de julho de 2012 com julho deste ano, de 348 para 313 casos. Os latrocínios (roubos seguidos de morte) se mantiveram estáveis, com 31 casos nos dois períodos.

Tudo o que sabemos sobre:
segurançasão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.