Rotas alternativas elevam custos para condutor do interior

Transportadores de cargas do interior já traçam rotas alternativas para entrar na capital driblando a restrição do tráfego de caminhões na Marginal do Tietê, na zona norte. O custo do transporte, no entanto, aumenta até 10%.

O Estado de S.Paulo

07 Março 2012 | 03h02

O operador Josias Alves, da Central de Fretes Valdecir, de Sorocaba, usou a internet e as informações dos próprios motoristas para estabelecer um caminho alternativo até o Parque Novo Mundo. A entrega, de peças para caminhões, tinha de ser feita até as 17 horas de ontem. "Achei um caminho usando o Rodoanel até o fim e seguindo pelos bairros até o início da Dutra, mas a carreta roda quase 60 km mais entre ida e volta."

O gerente comercial da MB Transportes, João Jacob, contou que operadores de logística da empresa já detectaram rotas paralelas para driblar a restrição e os bloqueios na Marginal. "Dá para chegar, mas o custo do frete vai subir de 5% a 10%", afirmou. / JOSÉ MARIA TOMAZELA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.