Rota prende um dos líderes do PCC

Odemir Francisco dos Santos estava foragido há quatro anos

William Cardoso,

16 Janeiro 2013 | 16h14

SÃO PAULO - O autônomo Odemir Francisco dos Santos, de 32 anos, foi preso nesta terça-feira à noite, no Cambuci, na região central de São Paulo, por policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota). Ele estava foragido do Instituto Penal de Mariante, em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul, e é apontado pela polícia como uma das lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Santos foi preso em 2006 durante a Operação Facção-Toupeira da Polícia Federal, que desbaratou a quadrilha acusada de cavar túneis na tentativa de furtar agências do Banrisul e da Caixa Econômica Federal, em Porto Alegre (RS), naquele ano, da mesma forma que um grupo havia feito em Fortaleza (CE), em 2005. Ele estava foragido havia quatro anos.

Segundo a PM, o serviço de inteligência do 1º Batalhão de Choque recebeu uma denúncia anônima indicando que o suspeito estava na Rua Basílio da Cunha, próxima da Avenida Lins de Vasconcelos. Os policiais da Rota foram então até o local e encontraram Santos na Rua Anhatomirim, perto do lugar apontado pelo denunciante.

A Secretaria de Segurança Pública afirma que o suspeito se apresentou com outro nome e documento de identidade falso. Foram apreendidos com ele um celular e R$ 5.000 em dinheiro. O caso foi registrado no 8º Distrito Policial (Brás).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.