Rota invade 'tribunal do crime', 9 são mortos e comando da PM vê ação legítima

Outros oito bandidos foram presos em operação em Várzea Paulista; bandidos ligados ao PCC teriam se reunido para condenar estuprador

MARCELO GODOY, WILLIAM CARDOSO, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2012 | 03h03

Policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) mataram no fim da tarde desta terçca-feira, 11, em Várzea Paulista (SP), oito acusados de compor um "tribunal" do crime organizado que julgava um homem acusado de estupro, que também morreu. Outros oito suspeitos foram presos pelos policiais. Segundo a Polícia Militar, todos os acusados morreram porque reagiram e a

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.