Ron Wood, dos Stones, visita Amy no Rio

Cantora faria a primeira de suas apresentações no País ontem à noite, em Florianópolis

Lauro Lisboa Garcia / FLORIANÓPOLIS e Sylvio Netto / ESPECIAL PARA O ESTADO / RIO, O Estado de S.Paulo

09 Janeiro 2011 | 00h00

A cantora britânica Amy Winehouse teve companhia ilustre para o almoço de ontem, no hotel em que está hospedada em Santa Teresa, na região central do Rio. De visita ao País, o guitarrista dos Rolling Stones, Ron Wood, que tem namorada brasileira, chegou sozinho ao hotel por volta das 15h30. De manhã, a cantora circulou pela piscina do hotel e, pela primeira vez sem a companhia dos seguranças, mostrou-se bem disposta. Levava o livro Windmills of the Gods (Um Capricho dos Deuses), de Sidney Sheldon, e conversou com seus músicos por cerca de 15 minutos à beira do espelho d"água, até se dirigir ao restaurante do hotel para o encontro com Wood.

Por volta de 16h30, os dois saíram juntos do restaurante, e o músico a acompanhou até a área que dá acesso aos quartos. Foi então que a cantora surpreendeu: acenou rapidamente para os fãs que se aglomeravam na porta do hotel. Também à tarde, a equipe da cantora foi à região da Saara, a 25 de Março carioca, para comprar material para a apresentação de ontem.

Relax. Será que ela vem? Terá gás e bom senso para segurar um show? Essas e outras incertezas começaram a reverberar por aqui desde que se cogitou trazer a cantora-problema para o réveillon carioca de 2009. Ao que parece, a espera do público brasileiro vai ser recompensada. Contradizendo em parte a letra de seu hit Rehab, Amy chegou ao Rio no início da semana, antes do previsto, para "descansar" até o primeiro show em terras brasileiras, que aconteceria ontem à noite, em Florianópolis.

Sem grande alarde, Amy se recolheu longe da badalação da zona sul, e as únicas extravagâncias que se tem notícia foram pedir pizza fora de hora e que se montasse uma academia de ginástica em sua suíte. O máximo de escândalo que protagonizou até a manhã de anteontem foi aparecer na sacada com a cara amassada, cabelão desgrenhado e seios à mostra. Ela ficará hospedada no hotel carioca até o fim da turnê no País, usando um jatinho para viajar às cidades onde se apresentará.

Estreia. Às 20h50 de ontem, Amy deixou o hotel no Rio com destino a Florianópolis, onde o público estimado no Stage Music Park - Pacha era de 10 mil pessoas.

O show estava previsto para começar por volta da 1 hora. Por causa dos 35ºC da noite na capital catarinense, fãs se queixavam do calor intenso na pista, pavimentada e cercada por dois grandes camarotes. Os preços dos alimentos e bebidas no único quiosque do evento também eram motivo de reclamações: um sanduíche era vendido a R$ 20 e a água custava o mesmo preço da cerveja, R$ 5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.