Rompimento em rede deixa milhares sem água em Campinas

O rompimento provocou abertura de buraco de 2m de diâmetro no cruzamento das avenidas Júlio Prestes e Vital Brasil

Tatiana Fávaro, de O Estado de S. Paulo

25 Março 2010 | 16h16

Entre 30 mil e 40 mil moradores de nove bairros de Campinas tiveram o fornecimento de água interrompido na manhã desta quinta-feira, 25, após rompimento de uma rede derivada de uma subadutora. Faltou água no Cambuí, Chácara da Barra, Jardim Planalto, Jardim Flamboyant, Nova Campinas, Jardim Madalena, Jardim Bela Vista, Vila Estanislau e bairro Novo Cambuí.

 

O rompimento provocou a abertura de um buraco de 2 metros de diâmetro no cruzamento da Avenida Júlio Prestes com a Rua Vital Brasil, no Taquaral. Segundo informou a Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S.A. (Sanasa), a expectativa é de que o fornecimento de água seja normalizado até o fim da tarde desta quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.