Divulgação
Divulgação

Romero Britto dá quadro de presente para a Prefeitura de São Paulo

Obra representa a capital paulista e foi entregue a João Doria (PSDB), em Miami, nos Estados Unidos, onde o prefeito eleito passa férias

Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

31 de outubro de 2016 | 10h47
Atualizado 31 de outubro de 2016 | 20h21

SÃO PAULO - A partir de janeiro de 2017, o Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura de São Paulo, na região central da capital paulista, terá um quadro do artista plástico Romero Britto, que ficará exposto no gabinete do prefeito. Estão representados na obra São Paulo, cidade do mundo, de 2 metros de largura por 1 de altura, o Parque Ibirapuera e o skyline da cidade.

O prefeito eleito, João Doria (PSDB), recebeu o presente em nome da cidade em encontro com o artista neste domingo, 30, em Miami, nos Estados Unidos.

Após quase um mês de visitas e reuniões de transição, Doria viajou de férias para os Estados Unidos na última semana. O tucano voltará às atividades em 7 de novembro.

Semelhança. O quadro dado à Prefeitura de São Paulo é semelhante a uma obra que Romero Britto deu de presente em 2008 ao então presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. No quadro de Lula, entregue pela irmã de Romero Britto, Roberta Britto, também é representada a cidade, com edifícios e helicópteros.

Algumas cores são diferentes entre uma obra e outra e, no quadro de Lula, aparecia o numeral 450, sobre o fundo amarelo, em referência ao aniversário da capital paulista. 

Personalidade do ano. Doria foi escolhido como Personalidade do Ano de 2017 pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos por sua atuação relevante como empresário. Desde 1970, o prêmio homenageia dois líderes proeminentes - um brasileiro e um norte-americano - que se destacaram por estreitar os laços entre as duas nações. Nomes como Fernando Henrique Cardoso, Bill Clinton e Armínio Fraga também receberam a honraria.

Em sua 47ª edição, o evento de gala ocorrerá pela primeira vez no Museu de História Natural de Nova York, nos Estados Unidos, no dia 16 de maio de 2017. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.