Rodovias informarão sobre atos no feriado

Concessionárias pedem que motorista consulte sites das empresas antes de sair de casa; veja o que abre e o que fecha na capital

JOSÉ MARIA TOMAZELA, SOROCABA, O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2013 | 02h06

Concessionárias de rodovias paulistas orientam motoristas a se informar sobre possíveis manifestações antes de sair para o feriado estadual de 9 de julho, dia da Revolução Constitucionalista de 1932.

Além disso, a Rodovia Cônego Domênico Rangoni, no sentido de Cubatão, ainda deve ter lentidão por causa de uma fila de veículos de carga que tenta chegar ao Porto de Santos. O congestionamento entre o km 267 e o km 270 foi causado por uma manifestação de estivadores e operadores portuários, ontem. O trânsito na Via Anchieta, que chegou a ser bloqueada, estava travado do km 62 ao km 64, na chegada a Santos.

As concessionárias pedem que os usuários consultem seus sites antes de pegar a estrada. Já na rodovia, é preciso observar os painéis de mensagens que trazem informações em tempo real. O sistema Anchieta-Imigrantes deve ter operação descida a partir das 15h de hoje, segundo a Ecovias (www.ecovias.com.br).

As Rodovias Anhanguera e Bandeirantes, principais acessos a Campinas e região central do Estado, devem receber 830 mil veículos, segundo a concessionária Autoban (www.autoban.com.br). O período mais movimentado deve ser entre 15h e 20h de hoje e das 9h às 14h de amanhã.

Os motoristas precisam estar atentos às obras de terceira faixa e marginais na Anhanguera, na região de Campinas, e da quinta faixa na Bandeirantes, entre a capital e Jundiaí, pois não serão interrompidas. O sistema de monitoramento dessas rodovias estará focando eventuais manifestações.

Nas rodovias do Corredor Dom Pedro, que receberão 590 mil veículos no feriado prolongado, a cobrança de pedágio continua suspensa no km 195 da Rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), já que a praça foi destruída em uma manifestação anteontem. Pelo trecho devem passar 121,6 mil veículos.

Segundo a concessionária Rota das Bandeiras (www.rotadasbandeiras.com.br), ainda não há prazo para a substituição dos equipamentos queimados. Nesse local, o trânsito flui por vias marginais.

Obras. A Raposo Tavares (www.spvias.com.br) está com obras de duplicação do km 116 ao km 158, entre Araçoiaba da Serra e Itapetininga, trecho que deve receber 54 mil veículos.

Na Régis Bittencourt (www.autopistaregis.com.br), os usuários vão encontrar cinco pontes com tráfego em apenas uma faixa de rolamento. Os locais estão sinalizados, mas podem ocorrer congestionamentos. Não está prevista operação especial na Serra do Cafezal, trecho de pista simples entre Juquitiba e Miracatu. Veja o que abre e o que fecha. Entre as opções de lazer para o feriadão, os Museus da Língua Portuguesa e do Futebol e a Pinacoteca abrem normalmente. Já o Teatro Municipal abre para visitas neste sábado, 6, e na terça-feira, 9. O Centro Cultural São Paulo abre só a área dos jardins, na terça. Os parques funcionam, mas os clubes da capital fecham na segunda, 8.

Os postos do Poupatempo e as Unidades Básicas de Saúde fecham apenas na terça. O Mercadão abre. Já os Mercados da Lapa, Pinheiros, Santo Amaro e São Miguel fecham. Feiras livres abrem normalmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.