Rodovias congestionadas; São Paulo tem 207 km de lentidão

O excesso de veículos congestionava trechos de quatro rodovias de São Paulo por volta das 19h30 desta quarta-feira, 14, véspera do feriado prolongado de Proclamação da República. As vias Anhangüera e Bandeirantes reuniam tráfego pesado na chegada à capital. A primeira estava com morosidade entre os km 15 e 11, e a segunda, do km 19 ao 13.  Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares  Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes  Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral  O que abre e o que fecha na capital durante o feriado   Na véspera do feriado, aeroportos têm movimento calmo  Chegada de frente fria deixa o tempo nublado durante o feriadoA Castello Branco registrava oito quilômetros de engarrafamento entre Barueri e Osasco, no sentido São Paulo. Na Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio, eram verificados dois pontos de tráfego ruim: do km 218 ao 221, em Guarulhos, no sentido capital; e entre os km 144 e 147, em São José dos Campos, em ambos os sentidos. A pista externa do Rodoanel Mário Covas, no sentido da Régis Bittencourt, apresentava lentidão do km 30 ao 25. No Sistema Anchieta-Imigrantes, apesar do fluxo intenso, não havia trechos de parada. Às 19 horas, as rodovias funcionavam por meio da Operação Descida, adotada às 16h30, com sete pistas no sentido Baixada Santista e três no sentido capital. Entre zero e 19 horas, 46 mil veículos atravessaram o sistema rumo ao litoral, sendo 5,8 mil deles na última hora. Nas rodovias Ayrton Senna, Fernão Dias, Régis Bittencourt e Raposo Tavares o movimento era intenso, contudo não chegava a causar congestionamento, segundo as polícias Rodoviária Estadual e Federal e a Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa). Nas últimas horas, não foram registrados acidentes graves. São PauloAs vias da capital paulista acumulavam 207 km de congestionamento às 19 horas desta quarta-feira, 14, véspera de feriado prolongado da Proclamação da República. O índice corresponde a 25,2% dos 820 km monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Marginal do Tietê apresentava o maior trecho de lentidão da cidade, com 14,6 km entre a Rodovia Castello Branco e a Rua Azurita, no sentido Ayrton Senna. Na Corredor Norte-sul (formado pelas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães) a situação também era ruim. Havia 8,6 km de morosidade do Viaduto João Julião da Costa Aguiar até a Praça da Bandeira, no sentido Santana. Quem acessava à Marginal do Pinheiros, no sentido Interlagos, enfrentava 7,4 km de trânsito pesado, entre as pontes Cidade Universitária e do Morumbi.O motorista que seguia pela Avenida dos Bandeirantes rumo à Marginal do Pinheiros se deparava com 7,1 km de congestionamento, a partir do Viaduto Aliomar Baleeiro. A Radial Leste, no sentido bairro, estava congestionada entre O Viadutos Pires do Rio e a Rua Wandenkolk - trecho de 4,7 km.

14 de novembro de 2007 | 20h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.