Rodoviárias de SP não poderão mais cobrar pelo uso do banheiro

Lei sancionada pelo governador Geraldo Alckmin deve entrar em vigor imediato

15 de setembro de 2011 | 17h46

SÃO PAULO - A lei que proíbe a cobrança pela utilização de banheiros públicos em estações rodoviárias do Estado de São Paulo foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 15.

Sancionada pelo governador Geraldo Alckmin, a lei exige que as concessionárias ou permissionárias dos terminais rodoviários mantenham suas instalações em boas condições de higiene e conservação, assim como facilitem o acesso a esses locais pelas pessoas com deficiência e idosos com mobilidade reduzida.

As novas regras entram em vigor imediatamente. Os operadores dos terminais estão sujeitos a uma multa diária equivalente a R$ 5.235 caso não as cumpram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.