Rodoviária de Ribeirão Preto terá R$ 9 milhões para reforma

Projeto de reforma prevê duração de 12 meses e, ao final do contrato, o prédio ficará para o município

Brás Henrique, do Estadão,

16 de agosto de 2007 | 18h26

O Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto será reformado e modernizado em breve. O aditamento do contrato de concessão do terminal (o original venceu em 30 de novembro de 2006), por 30 anos, para a empresa Socicam (que administra o local há cerca de 30 anos), foi assinado na quarta-feira, 15, pelo prefeito Welson Gasparini (PSDB).   O projeto de reforma prevê duração de 12 meses e, ao final do contrato, o prédio ficará para o município. Os trabalhos começarão após a aprovação do projeto executivo da obra pela prefeitura. A Socicam investirá cerca de R$ 9 milhões nas obras, em troca de mais 30 anos de concessão.   A reforma da rodoviária, localizada no começo da Vila Tibério, ao lado da região central e à margem do ribeirão Preto e de uma das avenidas com maior fluxo de veículos, também integrará o projeto de revitalização do Centro Urbano de Ribeirão Preto. "É um prédio construído visando o futuro e o desenvolvimento da nossa cidade", disse Gasparini, que participou, no passado, da inauguração da obra, que, com o tempo, ficou ultrapassada e agora necessita de reparos. Há cerca de três anos houve uma discussão na cidade sobre a possível mudança do local da rodoviária, mas o terminal continuará no mesmo local.   Pelo projeto, as áreas de embarque e desembarque de passageiros serão separadas para os três tipos de terminais que estarão em operação: o rodoviário interurbano (para os ônibus que percorrem longas distâncias), o suburbano (para os que operam as linhas das cidades da região) e o urbano. O terminal interurbano terá uma sala de espera climatizada, área de alimentação, novos sanitários e algumas lojas, além de acessos adequados aos portadores de deficiência física (elevadores e escadas rolantes).   Os boxes comerciais existentes continuarão no terminal e deverão ter investimentos de seus proprietários. Por motivos operacionais, e justificados, a Socicam poderá definir pontos de embarque, desembarque e vendas de passagens fora do terminal rodoviário, desde que favoreçam os usuários e ocorra a aprovação prévia da prefeitura.

Tudo o que sabemos sobre:
Rodoviária de Ribeirão Preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.