Rodovia Ayrton Senna será interditada para obras em São Paulo

A Dersa, administradora da rodovia, prevê fechamento da pista para às 18 horas, entre os quilômetros 24,7 e 22,7

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

27 de março de 2008 | 14h54

A partir desta quinta-feira, 27, a Desenvolvimento Rodoviário S/A. (Dersa) interditará a via expressa da Rodovia Ayrton Senna (SP-70), entre os quilômetros 24,7 e 22,7, na altura de Guarulhos, para lançamento de vigas de sustentação e concretagem do tabuleiro da ponte no canteiro central. A construção desse novo viaduto faz parte das obras da Avenida Jacu Pêssego, que interligará a rodovia.  Com a interdição da pista expressa, prevista para ser feita às 18 horas, o tráfego será desviado para a via local do sentido interior/capital, com três faixas de rolamento e acostamento. O bloqueio será de aproximadamente 40 dias. Neste período, a Dersa recomenda aos motoristas que respeitem os limites de velocidade no local, que é de 80 quilômetros por hora. Pedestres e ciclistas devem utilizar sempre o local destinado para sua circulação, atendendo às sinalizações indicadas. Sempre que possível, os usuários devem evitar trafegar nos horários de pico, das 7 às 10 horas e entre 15 e 20 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
DersaJacu PêssegoAyrton Senna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.