MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO
MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO

Rodoanel Leste será concluído só em maio

Entrega estava prevista para setembro; governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou atraso de obra até a Rodovia Presidente Dutra

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

20 Janeiro 2015 | 03h00

SÃO PAULO - Prometida para setembro do ano passado, a ligação entre a Rodovia Ayrton Senna e a Via Dutra, no Trecho Leste do Rodoanel, deve ser concluída em maio. O ramal tem 5,8 quilômetros e deve aumentar a demanda da via em 10%. O traçado leste, entregue parcialmente em julho do ano passado, passará de 37,7 km, que ligam o Trecho Sul à Ayrton Senna, para 43,5 km. A obra é de responsabilidade da concessionária SPMar. 

A informação do término do Trecho Leste foi divulgada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), na sexta-feira. Ele criticou a situação da empresa responsável pelo empreendimento rodoviário.

Questionado sobre o motivo do atraso para a finalização do tramo leste do Rodoanel, Alckmin falou sobre a qualidade das empresas particulares, como a SPMar. “Sempre se diz que empresa pública é cheia de problema e as empresas privadas são ótimas. Nem sempre é assim. Você tem muita empresa privada que dá problema. A concessionária teve dificuldade financeira, então a obra acabou atrasando.” 

A SPMar, por sua vez, atribuiu o atraso à demora para a emissão de licenças e projetos.

Atrasos. Em entrevista concedida ao Estado em setembro do ano passado, da qual participaram a presidente da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Karla Bertocco Trindade, e o então secretário estadual da Casa Civil, Saulo de Castro Abreu Filho, o governo informou que a obra, que já estava atrasada, deveria ficar pronta até o fim de 2014, o que não se concretizou.

Previamente, a Artesp, que gerencia o contrato das obras do Trecho Leste, havia divulgado que o ramal final do Trecho Leste seria inaugurado em setembro passado. Agora, Alckmin dá um novo prazo. “Há uma expectativa de que em mais 120 dias ela (a obra) fique pronta”, disse, na sexta-feira. 

A Artesp ainda não multou a SPMar pelo descumprimento do cronograma da fase final do Trecho Leste.

Demanda. Quando o ramal leste do Rodoanel estiver completo, a previsão é de que 43 mil veículos transitem por ele diariamente, segundo a Artesp. A SPMar afirmou, no entanto, que hoje circulam pelo Trecho Leste 15 mil veículos por dia - quantidade que deve aumentar em 10% com o novo entroncamento até a Via Dutra. A obra, no total, custará R$ 3,2 bilhões, pagos com recursos da SPMar.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Rodoanel Leste

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.