Felipe Rau/ Estadão
Felipe Rau/ Estadão

Marginais continuam alagadas, CPTM ainda tem interdições e rodízio está suspenso nesta 3ª

Prefeitura de São Paulo divulgou informação agora à noite; por causa das chuvas, rodízio ficou suspenso por toda esta segunda-feira, 10

Da Redação, O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2020 | 19h08

SÃO PAULO - Os reflexos da forte chuva que atingiu São Paulo continuam na noite desta segunda-feira, 10. A Marginal Tietê ainda tem ao menos cinco pontos de alagamento, a Marginal Pinheiros tem dois trechos alagados, a CPTM ainda tem trechos sem operação ou com lentidão e a Prefeitura decidiu suspender o rodízio municipal de veículos também nesta terça-feira, 11.

Às 21h50, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) informava que havia pelo menos cinco pontos alagados na Marginal Tietê - na Ponte do Limão, na avenida Doutor Gastão Vidigal, na Ponte das Bandeiras, próximo ao Anhembi e na Casa Verde. Na Marginal Pinheiros, havia ao menos dois pontos de alagamento - próximo a Cidade Universitária e na avenida das Nações Unidas, no Alto de Pinheiros. 

Por volta das 21h, o CGE chegou a informar que havia apenas um ponto de alagamento na Marginal Tietê, mas depois a informação foi alterada. 

Sobre a suspensão do rodízio de veículos nesta terça, a prefeitura informou que a medida foi uma determinação do prefeito Bruno Covas.  Nesta segunda-feira, o rodízio ficou suspenso o dia todo.

Em nota, a Prefeitura informou que estão mantidas as aulas nas escolas da rede municipal de ensino na terça-feira e os serviços de saúde estão liberados para atendimento em qualquer unidade. 

De acordo com a CPTM, as chuvas provocaram alagamentos na Linha 9 - Esmeralda e os trens deixaram de circular entre as estações Osasco Santo Amaro. No último balanço divulgado pelo governo do Estado às 19h, a Linha 9 inda tinha pontos de alagamento e só operava entre as estações Grajaú e Santo Amaro.  A Linha Diamante também operou parcialmente, com interrupção entre Comandante Sampaio Itapevi, mas às 19h voltou a operar sem restrições. Ainda no início da noite, a Linha 7-Rubi operava com velocidade reduzida e maior tempo de intervalo entre as estações Jaraguá e Vila Aurora.

Os ônibus da EMTU têm circulação restrita e atrasos ainda às 19h. Há problemas nos municípios de São Paulo, Taboão da Serra, Osasco, Itapevi, Barueri e Santana de Parnaíba. As linhas operam com atrasos de aproximadamente uma hora devido a alagamentos. O Terminal Taboão, em Guarulhos, está alagado e com operação suspensa. São 80 linhas prejudicadas de Guarulhos para o Metrô Armênia e Terminal Tietê e 120 linhas prejudicadas na região de Osasco. 

Voos

A chuva e os alagamentos pela cidade também levaram a alterações em voos no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Segundo a GRU Airport, concessionária responsável pelo terminal, até as 18h30 desta segunda 40 pousos e decolagens atrasaram, 21 operações foram alteradas para outros aeroportos e 28 voos cancelados. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.