Rock in Rio: ingressos à venda no sábado

Não será possível chegar à Cidade do Rock de carro, avisam organizadores do Rock in Rio a cinco meses do festival. Os 600 mil espectadores que deverão passar por lá nos seis dias de shows terão de se deslocar em ônibus, sejam os regulares, sejam os das linhas especiais que vão circular, ou ainda por veículos fretados. Quem quiser ir planejando seu trajeto pode fazê-lo no site www.vadeonibus.com.br.

Roberta Pennafort / RIO, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2011 | 00h00

A venda dos ingressos começa à 0h01 de sábado nos sites www.rockinrio.com.br e www.ingresso.com. Cada pessoa pode comprar quatro ingressos por dia. O valor é R$ 190 (R$ 95 para estudantes) até o dia 31; no dia 1.º de junho, passa para R$ 220. Cliente Itaú (patrocinador) tem 15% de desconto. No Rio, haverá três quiosques de vendas - nos shoppings Rio Sul, BarraShopping e Nova América. Em Niterói, a venda começa no dia 9 na loja Leader do Via Center.

O início das vendas foi antecipado por causa do sucesso do Rock in Rio Card, que garante entrada para um dia. Ele começou a ser vendido em novembro e, em 21 dias, 100 mil pessoas compraram o ingresso, mesmo sem o anúncio dos artistas.

Até agora, os principais nomes são Elton John, Red Hot Chili Peppers, Metallica, Shakira, Coldplay e Guns N"Roses. O anúncio das três últimas atrações, que vão fechar o festival, em 2 de outubro, com Guns e Pitty, deveria ter saído em abril, mas até agora nada.

Os shows começam às 14 horas na Rock Street, inspirada em Nova Orleans. O palco principal funcionará das 19h às 2h. Até as 4h, DJs vão se revezar no espaço para música eletrônica. O programa começa cedo para que o público chegue aos poucos.

A Cidade do Rock está em obras desde dezembro. O "parque temático da música" terá roda-gigante, tirolesa, montanha-russa, lojas e bares. O ingresso inclui uso dos brinquedos e o gramadão sintético será único, sem divisão de setores (a área vip, a 120 metros do palco principal, é para 4 mil convidados dos patrocinadores).

Público

Metade do público deve ser de fora do Rio - 100 mil de outros países. A cidade espera receber US$ 376 milhões dos turistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.