Rio tem campeão de redação

Melhor escola do Rio desde que começaram a sair os rankings, o São Bento se recuperou neste ano na lista nacional. Em 2012, havia ficado em décimo lugar; agora, está em terceiro. Nunca perdeu o topo estadual, e este ano garantiu a nota média mais alta do Brasil na redação. A excelência se baseia num modelo de ensino tradicional, que inclui aulas de sociologia, história da arte, filosofia e cultura clássica.

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2013 | 02h03

Fundado por beneditinos há 155 anos, o São Bento é frequentado pelas classes média e alta carioca, e tem entre seus ex-alunos célebres o compositor Villa-Lobos e o apresentador Jô Soares.

A carga horária é das 7h30 às 16h30 e a mensalidade custa R$ 2.500. Em 2015, o colégio exclusivamente para meninos passará a aceitar meninas.

A coordenadora pedagógica, Maria Elisa Pedrosa, acredita que os resultados geral e na redação derivam do foco na produção intelectual dos alunos. "Na redação, o aluno tem de demonstrar um conjunto de habilidades e competências desenvolvidas durante toda a formação: a lógica, a capacidade de argumentação. É a concretização de um trabalho que desde o nascimento da escola foi voltado à erudição e à valorização do humanismo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.