Rio: morre 6ª vítima do acidente com bondinho

Morreu anteontem à noite a sexta vítima do acidente com o bonde de Santa Teresa, na região central do Rio, ocorrido em 27 de agosto. O aposentado Alcides Gonçalves, de 73 anos, estava internado no Hospital Badim, na Tijuca (zona norte), e morreu por complicações causadas por traumatismo cranioencefálico.

Fábio Grellet / RIO, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2011 | 00h00

O operador de áudio Eduardo Gonçalves, de 46 anos, filho da vítima, afirmou que seu pai foi levado ao Hospital Municipal Souza Aguiar logo após o acidente, mas os médicos só teriam detectado fratura no braço. "O primeiro diagnóstico não falava nada sobre a cabeça, mas ela foi ficando roxa. Então, decidiram fazer tomografia, mas disseram que o aparelho estava quebrado. Meu pai chegou ao Souza Aguiar às 16h do dia do acidente e ficou sem atendimento até a 1h do dia seguinte, quando consegui transferi-lo a um hospital particular." Segundo Eduardo, os médicos disseram que a demora pode ter agravado a lesão.

O Souza Aguiar afirma que Alcides chegou "com fratura no braço e desorientado" e foi solicitada tomografia de crânio e coluna, mas "a família retirou o paciente sem autorização, antes da realização dos exames". Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o tomógrafo voltou a funcionar no dia 29 e "todos os pacientes" que precisaram fazer tomografia foram atendidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.