Rio Mogi-Guaçu já recebe menos esgoto

Inauguração de sistema de saneamento, semana passada, elevou de zero para 75% o índice de tratamento de esgoto em Mogi-Mirim, uma das cidades cortadas pelo Rio Mogi-Guaçu, diminuindo o nível de poluentes na água. A Serviços de Saneamento de Mogi-Mirim investiu R$ 54,5 milhões na obra. A cidade terá 100% do esgoto tratado até 2020.

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2012 | 06h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.