Rio Grande do Sul vive dia de homenagens e despedidas

Mais da metade das vítimas do vôo 3054, da TAM, é gaúcha ou morava em Porto Alegre

Sandra Hahn e Elder Ogliari, do Estadão

20 de julho de 2007 | 20h14

O dia dos gaúchos foi marcado principalmente por cenas de homenagens e despedidas de familiares e amigos das vítimas do acidente no vôo 3054, que bateu contra um prédio da TAM Express na última terça-feira à noite. Quase cinco mil pessoas estiveram no Palácio Piratini, sede do Executivo estadual, desde o começo da madrugada até às 15h desta sexta-feira, 20, para o velório do deputado Júlio Redecker (PSDB-RS), que foi enterrado esta tarde em Novo Hamburgo, a 40 quilômetros da capital gaúcha.   Lista de vítimas do acidente do vôo 3054  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054   Até a metade da tarde, nove corpos de vítimas do acidente já tinham sido transportados de São Paulo para Porto Alegre. O corpo do ex-presidente do Sport Club Internacional Paulo Rogério Amoretty Souza, de 60 anos, foi velado no salão nobre do conselho deliberativo no estádio Beira-Rio, onde estiveram a governadora Yeda Crusius (PSDB), o ex-governador Olívio Dutra (PT) e o presidente do Grêmio, Paulo Odone.   O presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, disse que o mundo do esporte vai guardar uma lembrança de Amoretty "dedicado, polêmico, brigador por suas convicções, e uma figura leal que contribuiu muito para que chegássemos a esse estágio do futebol brasileiro". O corpo de Amoretty foi enterrado no cemitério São Miguel e Almas, em Porto Alegre.   A cerimônia de despedida à médica oncologista Lina Barbosa Cassol, de 28 anos, foi feita hoje à tarde no Crematório Metropolitano. Ela nasceu em São Sepé (RS) e iria para os Estados Unidos em setembro para uma pesquisa de doutorado.   Funcionários da Gerdau, familiares e amigos participaram de uma missa esta tarde na Catedral de Porto Alegre em homenagem aos quatro empregados da siderúrgica que estavam no vôo 3054. Dos quatro, o corpo de Peter Max Finzsch, de 28 anos, que era assessor técnico da área de tecnologia da informação da Gerdau, já tinha sido identificado e transportado para Porto Alegre.   Os outros funcionários da empresa no vôo eram a gerente de recursos humanos Andréa Rota Sieczkowski, 39 anos, o consultor de marketing da operação de negócios Aços Longos Brasil, Andrei François Mello, 42, e o gerente de serviços financeiros da área de serviços compartilhados Gerdau, Luiz Baruffaldi, 54.   Após ser velado esta tarde na Igreja Cristo Mestre, no campus central da PUCRS, o corpo do professor doutor Antônio Carlos Araújo de Souza, de 56 anos, diretor do Instituto de Geriatria e Gerontologia da universidade, foi levado para o Crematório e Cemitério Parque Saint Hilaire, em Viamão (RS). Além da direção do IGG, ele coordenava, no instituto, o Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde.

Mais conteúdo sobre:
Vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.