Rio é o 5º destino mais caro do mundo em hospedagem

Estudo francês mostra que preço deve crescer com Olimpíada e hoje só perde para NY, Londres, Estocolmo e Zurique

Andrei Netto CORRESPONDENTE / PARIS, O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2010 | 00h00

 

Estudo divulgado ontem pela companhia francesa Hotel.info comprova a elevação brutal dos preços médios de hospedagem no Rio. Segundo a pesquisa, o valor médio de um quarto de hotel na cidade teve o maior aumento entre 30 metrópoles com alto fluxo turístico, com inflação recorde de 49,86% entre 2008 e 2010. O Rio passa a ser o quinto destino mais caro do mundo, atrás de Nova York, Londres, Estocolmo e Zurique.

A alta dos preços na capital fluminense se dá em meio à crise que afetou o turismo internacional. O levantamento - que não incluiu São Paulo - apontou que o preço médio de um quarto de hotel no Rio chegou a € 143,60 em julho de 2010, ante € 95,82 em julho de 2008. A maior parte do aumento ocorreu entre 2009 e 2010, depois que a cidade foi anunciada como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. "A tendência é de aumento nos próximos quatro ou cinco anos, com aceleração nos últimos 18 meses antes dos eventos (Olimpíada e Copa de 2014)", diz Guillaume Ridolfi, diretor da Hotel.info.

A ascensão da cidade também se deve à recessão do turismo no mundo nos últimos dois anos. Nenhuma das metrópoles acompanha a alta registrada no Rio no período entre 2008 e 2010. Das 30 cidades avaliadas, 24 registraram deflação. Apenas seis tiveram inflação. A mais próxima do Rio foi Estocolmo, onde os preços subiram 24,17% no período.

"Valor". Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis/RJ, Alfredo Lopes, dois fatores contribuíram para alta: a valorização do real e o bom momento da cidade. "O Rio está se valorizando. É a bola da vez." / COLABOROU MÁRCIA VIEIRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.