Rio começa a internar à força adultos viciados em crack; na 1ª ação, foram 29

A prefeitura do Rio começou ontem a internar à força adultos viciados em crack. A operação ocorreu durante a madrugada, às margens da Avenida Brasil, perto da entrada das Favelas Nova Holanda e Parque União, no Complexo da Maré, zona norte. A ação mobilizou mais de 300 profissionais do município e do governo estadual e resultou no recolhimento de 91 adultos e 8 crianças e adolescentes. Desse total, 29 adultos foram internados involuntariamente e outros 30 aceitaram o tratamento. O local se tornou a maior cracolândia da cidade após a pacificação da Favela do Jacarezinho, ocorrida há cerca de quatro meses. Os adultos foram para uma central de triagem no bairro de Paciência.

O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.